Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Quinta-feira, 28 de julho de 2016
HISTÓRIAS DE BOTECO

Há muitas histórias de boteco, algumas engraçadas, outras hilárias e inteligentes, mas que revelam a criatividade de cada um. Essa aconteceu com uma pessoa que vamos chamar aqui de Nivaldo. Pessoa inventiva que não passa apertos e sabe se virar, mesmo que a situação seja a mais vexatória. Sempre se dá muito bem em tudo.

A caminho de casa, apesar fome, resolveu parar e tomar um aperitivo, no bolso apenas 20 reais. No primeiro boteco parou e entrou. O dinheiro só dava para tomar umas 4 pingas e nada de tira-gosto. Acostou-se ao balcão, fazendo cara de desespero, foi dizendo.

– Nossa! É uma violência sem tamanho. Esses motoristas estão todos malucos. – Passou a mão no rosto e sabendo já ter chamado para si a atenção da atendente do boteco, que lhe perguntou qual o problema. Ele sem responder a pergunta emendou:

– Ave Maria! Madame, bote uma pinga pra mim, urgente.

Segura o copo, levando-o à boca e engoliu o produto de um só trago, sem disfarçar sua cara de desespero. Olha novamente para a senhora.

– É inacreditável uma cena daquela! Madame me dê um ovo cozido. – Diante do olhar curioso e indagador da mulher, ele começou a contar a sua história.

– Olhe, esse trânsito nosso tá muito louco. Agora há pouco escapei por pouco. Botei até meu carro pra lavar agora, porque o bichinho era branco e ficou respingado de sangue. – A senhora interrompeu procurando saber o que tinha acontecido. Ele continuou.

– Foi logo aqui pertinho, na curva da rodovia, uma dessas carretas bem grande bateu de frente com um Gol que tinha acabado de me ultrapassar. Na pancada, eu que ia logo atrás vi foi o mundo ficar vermelho. Graças a minha habilidade eu consegui escapar. Dê-me outra pinga e um ovo. – A mulher estava curiosa e ele emendou.

– Olhe senhora, eu nunca vi coisa igual. – Engoliu a pinga e comendo o ovo continuou sua mentirosa narrativa. – Pra senhora ter noção da gravidade, eu vi pedaço de gente pra todo lado. Um braço do motorista do carrinho foi parar do outro lado da pista. Entre as ferragens encontraram apenas uma perna do coitado. Nossa, que coisa horrível. Bote outra pinga e me dê um ovo.

A atendente do boteco servia sem conseguir desgrudar os olhos da cara de Nivaldo. Como era um gozador contumaz conseguiu manter-se com aquela cara de assombro, enquanto a mulher queria saber de mais detalhe do tal acidente. E pediu que continuasse.

– O motorista da carreta não teve culpa – dizia ele –, inclusive não sofreu um só arranhão. O golzinho ficou parecendo uma bola de ferro embebida em sangue. – Fez uma pausa engoliu sua terceira pinga e comeu mais um ovo. Continuou a narrativa assombrosa. – Olhe minha senhora, a cabeça do pobre homem foi encontrada a uns 50 metros do local do acidente, numa ribanceira. Cruz credo foi horrível, horrível. Bote outra pinga e me dê outro ovo.

Pouco a pouco, a mulher do bar ia entrando na conversa e criticava a violência cada vez maior no trânsito, o desrespeito dos motoristas às leis, e que fazem do carro uma autêntica arma. Serviu mais uma pinga ao contador da histórias e, claro, outro ovo. Nivaldo disse que ela quis saber se vinha mais alguém no gol.

– Infelizmente senhora, até agora ninguém sabe, mas pelo volume do sangue que chegou a melar bastante o meu carro, acho que vinha mais alguém e, com certeza, ficou completamente despedaçado.

Para evitar mais detalhe e receoso de aparecer alguém que lhe desmentisse toda aquela louca narrativa, resolveu parar por ali, pagar a conta e cair fora. Tomou sua quarta pinga, comeu mais um ovo e, imediatamente ensaiou sua retirada triunfal.

– É uma loucura senhora. Quanto foram as pingas? – A dona respondeu 20 reais. Ele meteu a mão no bolso, pagou e saiu imediatamente. Quando ia na calçada, a mulher gritou.

– Ei, senhor, e os ovos? – Nivaldo virou-se e disse: – Encontraram não, senhora. Imagine que a cabeça onde tem ossos foi uma dificuldade, imagine os ovos. – E acelerou o passo e foi embora.

Gonzaga de Andrade

0
0
0
s2smodern

logo new