Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Segunda-feira, 30 de janeiro de 2017
QUAL O MELHOR CAMINHO DA EDUCAÇÃO?

O rigor da educação dos filhos não está no castigo físico, na supressão da liberdade, mas na maneira firme de se incutir o conhecimento, de se ordenar o saber para que seja assimilado pelos nossos descendentes, e que no futuro eles possam ter sua própria base e firmeza para se conduzir na vida. O castigo afasta o diálogo, gera desobediência e revolta.

Não se pode hoje culpar a internet e todas as suas redes sociais pelos desregramentos comportamentais hoje existentes. Eles existem por conta de desleixo e frouxidão dos educadores paternos que, muitas vezes não estão dando à mínima para o que seus filhos estão lendo, quais os tipos de amigos dentro e fora da escola e, sobretudo aqueles que se consegue virtualmente.

Se não se observa os usos e costumes dos filhos; se estão seguindo uma base firme que lhes norteia a vida; se não estão sendo levados por informações falsas das redes sociais; se estão compartilhando fofocas e informações mentirosas. Nada pode passar despercebido.

Exercer o controle sobre os filhos é saber dialogar com eles, interessar-se pelo que eles estão interessados, chamá-los sempre para uma conversa franca, mostrando-lhes a consequência nefasta dos desregramentos sociais que estão sempre cativantes na internet. É fundamental saber as dificuldades que eles estão passando no aprendizado e as causas de certos desinteresses nas atividades da escola.

Em suma os pais não podem abandonar o papel de curadores dos seus próprios filhos, pois como está bastante claro, como curadores eles têm a incumbência de zelar pelos interesses dos seus descendentes, incutindo-lhes conceitos éticos modelares que ajudem na formação humana, educacional e profissional.

Desnecessário afirmar que ao haver um relaxamento na educação doméstica, desinteresse pelos que seus filhos estão fazendo tanto pela internet como fora dela, o que estão lendo e de que mais gostam, as consequências poderão ser nefastas e se estará abrindo um caminho para a violência, porta de entrada do crime.

Tudo isso pode ser um caminho sem volta e não se poderá culpar o desenvolvimento, os avanços tecnológicos pelo que venha acontecer de ruim no futuro, apenas porque não se mostrou a eles um caminho seguro a seguir. Afinal, quem não tem uma meta a alcançar, qualquer caminho serve.

Gonzaga de Andrade

0
0
0
s2smodern

logo new