Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Terça-feira, 20 de junho de 2017
PERFEIÇAO NÃO É O PONTO FINAL

Nunca diga: não preciso de ajuda! Não importa o seu status, sua casta, quanto dinheiro você tenha, quanta riqueza conseguiu amealhar ao longo dos anos, quanta experiência de vida ou quanta sabedoria conseguiu. Conscientize-se. De uma forma ou de outra você estará necessitado, sempre, de ajuda, do apoio de alguém para alcançar um objetivo, resolver um problema, tomar uma decisão, fazer alguma coisa que não está do seu agrado e você não consegue remediar sozinho.

Em maior ou menor grau você sempre irá precisar de ajuda, quer para encontrar um caminho melhor e seguir adiante, quer para ter mais segurança. Quem sabe, talvez para rever certos conceitos que estão lhe atrapalhando a vida, corrigir erros do passado, enfim, até para encontrar consigo e ser feliz. Jamais você encontrará alguém que não precise ou não tenha precisado de ajuda, não uma, mais duas, três, várias vezes. A perfeição não é o ponto final da existência é o começo de uma longa escalada para a qual sempre iremos necessitar de apoio, de ajuda, para chegar mais longe.

Não é vergonhoso pedir ajuda quando dela precisamos. Vergonhoso é não saber curvar-se diante de uma necessidade. Vergonhoso é se sentir impotente para seguir a diante e nunca ter aprendido conjugar o verbo ajudar em todos os tempos. É uma virtude reconhecer que se precisa de ajuda. Afinal, pedir é uma maneira de baixar o orgulho, a auto-suficiência, o pedantismo, a empáfia de superdotado e ser mais humano, mais sociável e reconhecer que sempre estaremos dependendo de alguém ou de alguma coisa para nos completar e alcançar a nossa meta.

Entretanto, esse é um lado da questão. O outro é saber ajudar. É sempre estar disposto a ceder seus préstimos àquelas pessoas que solicitam seu apoio, seu esforço, sua experiência, enfim, sua ajuda para alcançar um fim. Receber e saber ajudar são momentos que dignificam a vida e nos torna mais humano, mais condescendente. Não devemos confundir ajudar com esmolar. São coisas parecidas, porém diferentes na forma e significado. Esmolar é dar esmola alguém, socorrer com esmola aos necessitados por caridade ou filantropia.

É fundamental conscientizarmo-nos dessa grande realidade. Assim fazendo estaremos cumprindo o grande sentido da vida, marcando passo a passo o caminho da evolução. Diante de qualquer dificuldade, quando alguém lhe perguntar se precisa de ajuda, aceite, não sem antes responder em claro e bom som: QUEM NÃO PRECISA?

0
0
0
s2smodern

logo new