Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Domingo, 30 de julho de 2017
MEU RELÓGIO TEMPORAL ENLOQUECEU

Hoje acordei com aquela certeza de que hoje era amanhã. Essas coisas acontecem! Avançamos na escala dos dias e nem notamos. Às vezes, nem um cheek-up de tudo aquilo que vivenciamos no dia anterior é suficiente para nos trazer de volta à realidade. Ao momento presente.

É incrível! Hoje é domingo 30 de julho, mas com certeza eu estava fazendo tudo como se já fosse segunda-feira 31. E lá estou eu tentando mudar a data do computador, xingando o sistema, porque a data estava errada, pra mim. O meu relógio temporal enlouqueceu de vez, ou terá sido eu. Perguntava-me assustado.

Bom, ainda bem que a loucura foi momentânea. Minha filha vendo essa minha aflição, caiu na gargalhada e eu perguntei o que estava havendo: “Hoje é domingo, pai!”. Parei por um instante para analisar se essa nova informação era certa. Cai na real e voltei ao normal, não sem ficar impressionado com esse fato.

Isso me levou a refletir sobre aquelas pessoas que perderam a razão, que ficaram em estado de demência e estão completamente fora de si, nem aquém ou além do momento em que estão vivendo, onde o compasso das horas não lhes quer dizer absolutamente nada. Bom, ao menos nada do que esta acontecendo em nosso mundo louco as atinge.

Entretanto, descendo um pouco na reflexão acredito que estamos vivendo no mundo da loucura, onde todas as coisas não parecem encaixar-se e, onde a insensatez impera em cada canto, embora não afete o conhecimento. Observando mais atentamente, estamos vivendo em um mundo totalmente estranho, no qual as coisas estão mudando rapidamente.

Para mim, estamos vivendo no mundo dos loucos, dos doidos varridos, em pleno império da insensatez. Logo, para que nos enquadremos neste mundo de irrealidades, é melhor adotarmos o raciocínio do teólogo holandês Erasmo de Rotterdan em sua obra Elogio da Loucura, quando afirma que “a pior das loucuras é, sem dúvida, pretender ser sensato num mundo de doidos”.

Então, hoje é domingo, 30 de julho, mas eu quero vive-lo como se fosse uma segunda-feira, 31 e, para mim isso é bem normal.

0
0
0
s2smodern

logo new