Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Quinta-feira, 28 de dezembro de 2017
EU VOU MORAR NO CAMPO

“Eu quero uma casa no campo/ onde eu possa ficar/ do tamanho da paz...” Que beleza! Pois na cidade grande quase não é mais possível se ter qualidade de vida, muito menos sonhar com a paz, onde se tenha, como disse o poeta Zé Rodrix, “... o silêncio das línguas cansadas...” e onde se possa estar livre da poluição.

Morar no campo! Eta coisa especial! Uma casinha modesta, mas do tamanho da paz. Onde a pressa não tenha pressa, onde a vida acompanhe a natureza em todos os sentidos e com seus encantos bucólicos.

A cidade grande ficou quase impossível de se viver, apesar da necessidade de se trabalhar para ganhar a vida, embora se tenha algumas formas de trabalho em casa. O que nos deixa mais desencantados é a violência crescente, parecendo até que a humanidade perdeu seu rumo e veja na guerra urbana do dia-a-dia uma forma de fugir de todos os problemas.

Hoje vivemos em constante dúvida, a partir do momento que abrimos os olhos. Não temos a certeza de mais nada, muito menos dos amigos do peito, limites do corpo, muito menos podemos vislumbrar o futuro e fazer um prognóstico do amanhã, mesmo que seja com a esperança de óculos.

É encantador o sonho do poeta que pensa em sua casinha campestre de pau-a-pique e sapê, circundado de carneiros e cabras que pastam solenes no jardim. No entanto, é melhor se ter o sonho do que padecer numa realidade crua de concreto e asfalto, trânsito de automóveis e pessoas alucinadas em busca da sobrevivência.

Acredito que devo também aderir a essa maneira alternativa de sentir a vida de forma indiferente a tudo. Afinal sonhar é muito bom. É um caminho para se ter a realidade à nossa porta, pois como dizem os mais sábios o pensamento muito mais do que as palavras têm o poder de mudar as coisas.

Então, vou sonhar também com minha casa no campo, onde eu possa plantar a felicidade, adubando-a com muita energia positiva para que ela brote vigorosa e transforme os caminhos que começo a construir com as pedras que ferem meus pés nesse momento.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down