logo jrh

Boa Vista - RR, Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019
DEU MACACO NA PESCARIA

FRANCISCO Honório – brilhante advogado –, assegura que dentre os muitos casos, um que lhe deu bastante trabalho foi defender um cliente da acusação de espancamento praticado contra a própria mulher. O caso não teria tanta repercussão e importância se o acusado não fosse um ilustre prefeito, cujo nome e a cidade ele fez questão omitir. Apenas disse ser um líder político bastante influente, homem sério e conservador que tinha a verdade como parâmetro.

– Muito mais difícil que defendê-lo foi conseguir abafar a história, para que não chegasse ao conhecimento da imprensa e gerasse especulações inconvenientes.

Comenta o advogado, confirmando que o citado chefe político, realmente, havia espancado a mulher por duas vezes, em pouco mais de um mês.

A primeira foi sem consequências graves e sequer ela havia esboçado qualquer gesto para denunciá-lo. Entretanto, a segunda foi irreversível e sem perdão, uma vez que o cidadão perdeu completamente o controle e a deixou com alguns hematomas consideráveis.

O advogado comenta que tudo começou após uma reunião de correligionários na casa do prefeito. A mulher estava sempre ligada em todas as discussões e conhecia bem os meandros da política, o bastante para se entusiasmar. Quando o marido dizia alguma coisa, fugindo um pouco da realidade, ela o contraditava, dizendo que a coisa não tinha sido assim e, automaticamente dava sua versão. De forma que a coisa foi deixando o marido aborrecido.

Ao se retirarem todos, ele chamou a mulher e sem dizer uma palavra lhe aplicou uns tapas e esfregões. Entre gritos e soluços, ela perguntou por que o marido estava batendo nela daquele jeito.

– Eu não admito a desfeita de ser desmentido perante meus amigos. Espero que essa tenha sido a última vez. Você tem que confirmar e reforçar o que eu disser, entendeu?

Claro que numa situação daquela quem não entenderia. O grave aconteceu algumas semanas depois. Sua excelência recebia diversos amigos em casa. Tudo estava às mil maravilhas. Muitos risos, clima de descontração.

O Bate-papo enveredou por histórias variadas. O roteiro foi o mais diversificado possível. Claro, não faltaram histórias de caçadas inesquecíveis e pescarias extraordinárias. O advogado esteve presente àquela reunião e diz que o ambiente era bastante descontraído e agradável.

Bom contador de histórias, o prefeito tinha naquela noite sua mulher como aliada importante. No que era possível, ela reforçava as palavras do marido, confirmando cada detalhe, às vezes dando até certo toque de exagero. Quando o bate-papo descambou para histórias de pescaria, o prefeito que era um apaixonado pelo assunto começou a relatar alguns lances importantes. Disse que num desses fins de semana saiu de barco com a família e resolveu pescar de tarrafa, afinal o rio prometia muito e não queria ter muito trabalho.

No relato ele disse que jogou a tarrafa no rio, quando começou a puxá-la estava muito pesada com tanto peixe que ficou espantado. A mulher interrompeu o marido para reforçar sua história e acrescentou imediatamente:

– Tinha até um macaco... E vivo!

Todos olharam para ela admirados. Para não passar por mentiroso o prefeito confirmou a presença do macaco arrastado junto com os peixes. Levou uns cinco minutos justificando o exagero.

– O barco estava próximo à ribanceira. Ao jogar o malhador com muita força, certamente deve ter batido num galho de árvore onde se encontrava o animal. Naturalmente ele caiu enroscado, ficando lá até ser arrastado.

A primeira–dama não escapou de levar uns tapas após a reunião. Denunciado, o prefeito foi intimado. Confirmou a agressão ao seu advogado, dizendo que não sabia mentir e lhe acrescentou:

– E aquela desaforada ainda disse que estava me ajudando. Tive que aplicar uns corretivos nela pra nunca mais mentir. O senhor viu doutor o trabalho que me deu justificar como o danado do macaco foi parar dentro da rede de pesca junto com os peixes. E o pior é que ninguém acreditou, tenho certeza!

0
0
0
s2smodern

logo JRH down