Marinez Andrade

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Quinta-feira, 2 de novembro de 2017
Como fortalecer a memória praticando 7 exercícios simples

Para melhorar nossa memória de forma simples podemos aprender dados como números de telefone ou, simplesmente, tentar lembrar datas de aniversário ou acontecimentos do passado. Você sabe como fortalecer a memória? Trata-se de uma das habilidades mentais que nos permitem aprender, nos relacionar e realizar uma infinidade de atividades da vida cotidiana.

É um complexo fenômeno cerebral que nos permite armazenar e lembrar de informações a curto, médio e longo prazo, facilitando a realização de centenas de tarefas. Porém, com o passar dos anos sua capacidade se reduz e, devido às mudanças que a atividade do cérebro sofre, pode se deteriorar significativamente.
Devido a isso, a pessoa começa a ter dificuldades para lembrar e, conforme o tempo passa, pode deixar passar dados e aspectos relevantes de sua vida.

O mais preocupante é que o problema pode avançar de forma gradual e, em casos graves, pode se transformar em doenças como o Alzheimer. É por isso que é preciso prestar atenção, mantendo hábitos de vida saudáveis e praticando exercícios que ajudem a fortalecer a memória. Descubra 7 atividades simples que podem ajudar a alcançar este objetivo.

Dicas para fortalecer a memória

1. Aprenda algo novo
A aprendizagem é um processo que pode ser feito durante toda a vida e, ainda que não nos demos conta, é um dos melhores treinamentos para manter a memória forte. Isso permite que o cérebro saia de sua zona de conforto e, por sua vez, ativa funções da mente que costumam se apagar quando não há desafios para superar. Portanto, para prevenir a deterioração desta habilidade, tente colocar-se desafios como:

• Aprender um novo idioma;
• Fazer um novo curso;
• Tocar um instrumento musical;
• Investigar dados de seu interesse;

2. Memorize dados simples
Não é necessário aprender dados complexos para que a mente se ative. O exercício de memorizar coisas simples é suficiente para que o cérebro fortaleça sua habilidade de assimilar e armazenar informação. Tente memorizar todos os dias algo novo:

• Um número de telefone;
• Uma data de aniversário;
• A lista de compras do supermercado;
• Um endereço;

Além disso, fixe um dos dias da semana para lembrar o que comeu nos dias anteriores ou como foi sua rotina nos dias que já passaram.

3. Crie mapas mentais
Os mapas mentais são atividades simples que desafiam o cérebro enquanto fortalecem a capacidade de memorizar. Inclusive, sua prática é recomendada para desenvolver a inteligência espacial.

• Consiste em desenhar um mapa na mente, por exemplo, depois de visitar um lugar novo.
• Nesse mapa traçamos toda a rota, procurando adicionar todos os detalhes que foram vistos no caminho.

4. Memorize usando acrônimos ou acrósticos
Passatempos tão simples quanto um acrônimo ou acróstico podem ativar o funcionamento de várias áreas do cérebro para facilitar o fortalecimento da habilidade da memória.

• Trata-se de reforçar a mente para desenhar uma acrônimo que se adapte a uma palavra chave daquilo que você deve lembrar.

5. Use o tato
A informação visual desempenha um papel muito importante na habilidade que o cérebro tem de distinguir entre um objeto e outro. Usar o tato permite identificar diferenças sutis entre os elementos e, por isso, ativa e fortalece áreas cerebrais que processam informações importantes. Por essa razão, os adultos que perdem a visão podem distinguir as letras em braille, visto que seu cérebro desenvolve mais vias para processar o tato. 

• Um exercício rápido consiste em colocar moedas em uma bolsa e, se precisar delas, usar só o tato para determinar qual é o seu valor.

6. Trabalhe com sua mão não dominante
Em algum momento você tentou fazer alguma atividade cotidiana com sua mão não dominante? Foi difícil? Ainda que não seja tão simples quanto usar a mão dominante, é um exercício muito bom para manter a memória forte e ativa. Usar o lado oposto do cérebro, como se faz com esta atividade, ajuda a expandir partes do córtex cerebral que se encarregam de processar informação do tato da mão. Procure fazer isso em tarefas como:

• Escrever;
• Escovar os dentes;
• Usar o celular;
• Usar a colher;

7. Ouça música
Algo tão simples e acolhedor quanto ouvir música pode servir para exercitar a memória e manter uma boa saúde mental. Esta atividade, principalmente com músicas clássicas, melhora as habilidades cerebrais, independentemente da etapa da vida. A música estimula células do cérebro que permitem manter uma ótima concentração mental, memória e desenvolvimento auditivo. Você se preocupa em fortalecer a memória? Sente que está tendo dificuldades para lembrar? Anime-se a praticar os exercícios mencionados e seja constante para aproveitar seus benefícios.

0
0
0
s2smodern

logo new