peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Terça-feira, 14 de novembro de 2017
Enquanto Suely foi passear na Alemanha, por aqui os servidores estaduais preparam-se para fazer greve

Suely está na Alemanha participando da COP 23, a conferência mundial do clima. Foto | Facebook

A governadora Suely Campos encaminhou mensagem à Assembleia Legislativa comunicando seu afastamento do cargo para viagem internacional à Alemanha para participar entre os dias 11 e 17 deste mês da COP 23, a conferência do clima que reúne lideranças políticas de todas as regiões do Planeta, que está acontecendo na cidade de Bonn.

Mas enquanto Suely vai passear no clima agradável do início de inverno europeu, por aqui, sob o sol escaldante do lavrado, os servidores públicos do Estado de Roraima, desmotivados e sem esperança de aumento salarial, se organizam para a realização de duas paralisações de advertência, conforme manifesto do Sindicato dos Trabalhadores Efetivados do Poder Executivo de Roraima.

O Sintraima fez duas convocações de efetiva paralisação para alertar o Governo de Suely que se não houver o reajuste pretendido pelas várias categorias, o pior virá com greve geral. A primeira paralisação ocorrerá nesta terça-feira (14) e a segunda na quinta-feira (16) na Praça do Centro Cívico a partir das 8 horas,

Francisco Figueira, que é o presidente do Sindicato dos Servidores, disse que entre as reivindicações estão o não pagamento do reajuste do aumento anual permitido por lei e aprovação do PCCR. Ele revelou que o Governo de Suely ignorou o acordo que havia feito com a categoria, de pagar a data base, que acontece em maio. “Temos que lutar pela data base, pelo poder de compra dos nossos vencimentos, o trabalhador precisa analisar que o combustível aumentou, a energia aumentou e o vencimento 2016/2017 não teve o reajuste inflacionário que é devido por lei", disse.

Ontem – já na Alemanha – Suely relatou em seu perfil no Facebook que participou de um painel promovido pela força tarefa dos governadores para o clima e floresta, onde destacou a importância de Roraima para o futuro do Planeta. “Com práticas de desenvolvimento sustentável, preservamos 66% do nosso território. Roraima era o único estado da Amazônia Legal que não era membro do GCF, nem tinha representatividade nesse tipo de evento. Agora teremos voz e vez nas discussões mundiais”, disse a governadora.

0
0
0
s2smodern

logo new