peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Assembleia ainda não deflagrou o processo para substituir conselheiro do TCE, morto na semana passada. Mas deputados já se articulam pela vaga

A Assembleia Legislativa de Roraima não deflagrou ainda o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que vai substituir Essen Pinheiro Filho – morto na semana passada – mas já há deputado se articulando pela vaga. Brito é forte candidato ao cargo.

A competência de escolha é da Assembleia pelo critério de voto direto e secreto, contudo não há a prerrogativa do Poder Legislativo de indicar e aprovar um nome por via indireta. Para conseguir a vaga vitalícia o novo conselheiro precisa angariar apenas 13 votos.

Mas o silêncio aparente nos corredores da Assembleia contrasta com a efervescência nos gabinetes, mesmo no recesso. É que já tem deputado se mobilizando em campanha, mesmo que de bastidores, para obter apoio.

Três deles manifestaram o desejo de concorrer: Brito Bezerra (líder do Governo), Massamy Eda e Joaquim Ruiz. Além dos deputados, qualquer cidadão pode participar do processo pré-eleitoral, desde que preencham os requisitos exigíveis para a função, que serão cobrados no edital de inscrição e seleção de nomes.

Basta ter formação definida, notório saber, estar com os direitos políticos em dia e não ter condenação no âmbito público, por crime civil, criminal ou eleitoral.

O deputado Brito, que já havia manifestado anteriormente o desejo de concorrer ao cargo de conselheiro, disse ontem, no entanto, que seu projeto político principal para 2018 é concorrer a mais um mandato, na eleição de outubro, mas confirmou sua pré-candidatura ao posto de conselheiro.

“Me sinto preparado e qualificado para a função. Tenho boa relação com todos os deputados desta Casa. Tenho formação superior e política condizentes com a função. Portanto me sinto qualificado e serei postulante ao cargo de conselheiro”, disse brito.

Ontem o TCE informou que fará sessões especiais, na manhã desta terça-feira, para formalidades de escolha do vice-presidente e ouvidor do Tribunal – funções que eram ocupadas por Essen Pinheiro – e homenagem póstuma ao conselheiro falecido.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down