peronico

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Sexta-feira, 20 de julho de 2018
A bomba venezuelana: Moradores de Pacaraima se revoltam com presença de imigrantes, protestam e fecham a BR-174

Moradores de Pacaraima bloquearam a passagem em protesto contra a migração venezuelana.

Moradores de Pacaraima não suportam mais a presença de tantos venezuelanos na cidade. A migração desordenada acabou com a paz e a tranquilidade nas ruas, superlotou espaços públicos, ocasiona problemas estruturais seríssimos e ainda traz doenças variadas, antes erradicadas em Roraima.

E ontem, aproveitando a visita relâmpago e surpresa do ministro da Justiça Torquato Jardim ao município, a população explodiu em protestos e fechou inclusive o tráfego na rodovia BR-174. Os habitantes se queixam da falta de políticas efetivas do governo para conter os efeitos da imigração. Os moradores Eles cobram atenção para Saúde, Educação e Segurança da cidade, setores que, segundo eles, são gravemente afetados pela imigração venezuelana.

Jardim veio verificar a situação atual da migração e pode verificar que a situação só piorou em relação a última vez que ele esteve aqui, acompanhando o presidente Michel temer. O ministro recebeu um grupo de moradores e durante a reunião eles entregaram a autoridade federal, um documento com reivindicações e sugestões.

O ministro percorreu algumas ruas, visitou abrigos e escolas, porém não anunciou nenhuma medida de impacto para conter o caos. “Ele recebeu e prometeu algumas melhorias na cidade, porém não sabemos se vai ocorrer mesmo. Estamos em uma situação difícil e o Governo Federal precisa olhar por nós”, disse um morador.

O ministro chegou a Pacaraima por volta das 10h30, visitou o centro de triagem na fronteira, as instalações de um novo abrigo que será inaugurado na cidade, o abrigo Janokoida, que recebe índios venezuelanos e o Centro Pastoral para Migrantes, percorreu algumas ruas e depois foi embora.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down