peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Sexta-feira, 31 de agosto de 2018
Venezuelanos cometem 65% dos crimes na fronteira com Roraima, revela delegada geral

Venezuelanos ocuparam Pacaraima e são os mais responsáveis pela onde de violência no município.

Os venezuelanos são suspeitos de cometer 65% dos crimes registrados em Pacaraima neste ano, conforme dados da Polícia Civil de Roraima. E isso fica claro que ‘los hermanos’ não estão apenas lavando privadas no exterior, como disse Nicolás Maduro. Eles estão também cometendo crimes.

Os dados dessa brutal escalada da violência envolvendo venezuelanos estão derramados em uma postagem da delegada geral da Polícia Civil de Roraima, Guiliana de Castro Lima, feita por ela em sua página no Facebook, explorada em demasia ontem pela grande imprensa.

Segundo a delegada os venezuelanos são suspeitos de cometer 65% dos crimes registrados em Pacaraima neste ano, conforme dados da Polícia Civil de Roraima.

Entre janeiro e agosto deste ano, foram registrados 1.136 boletins de ocorrência na cidade, dos quais 738 teriam sido cometidos por venezuelanos. O número é quase seis vezes maior do que em todo o ano de 2016, quando houve 128. Neste ano, foram instaurados 69 inquéritos e 39 venezuelanos foram presos em flagrante ou indiciados.

Os dados informados por Giuliana, porém, não especificam quais os tipos de crime. Por isso, não é possível saber se há emprego de violência. “A maioria é de crimes de roubo, furto, lesão corporal e ameaça”, publicou a delegada geral Giuliana Castro Lima, no Facebook.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down