jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Sexta-feira, 4 de janeiro de 2019
Jalser classifica de ‘midiática’ e ‘excessiva’ a operação do MP em sua casa

Jalser: 'estão querendo alimentar rivalidades políticas'.

A operação batizada de ‘Royal Flush’, do Ministério Público, que investiga supostas irregularidades na Assembleia Legislativa, foi rotulada de ‘midiática’ pelo presidente da Casa, Jalser Renier, principal personagem da ação.

Por meio de sua defesa o parlamentar reprochou a forma como os policiais invadiram sua residência, onde foi concentrada a maior parte da operação. Em comunicado ele disse o teatro montado em torno da questão serviu apenas para "alimentar rivalidades políticas".

A Assessoria Jurídica do deputado estadual Jalser Renier informou que o parlamentar recebeu e cumpriu ordem judicial de busca e apreensão em sua residência e de familiares, acerca de uma ação do Ministério Público do Estado de Roraima.

"O parlamentar reafirma que sempre esteve disponível para prestar todos os esclarecimentos necessários para comprovar sua inocência no referido caso", diz a nota após afirmar que "lamenta que o MPE tenha pedido ao Judiciário providências para a realização de uma operação midiática", diz o informe.

Segundo informou o MPRR, a operação Royal Flush está relacionada a outra operação já feita no Legislativo, a ‘Cartas Marcadas’ que levou à condenação de 10 pessoas, incluindo ex-servidores da ALE por desvios em licitações.

Sobre a ação, a Superintendência de Comunicação da ALE informou que "atendeu ao cumprimento de decisão judicial de busca e apreensão de documentos relacionados a processos administrativos", mas que a documentação data de 2013 a 2014 e já estava em posse do MPRR "desde meados de 2016".

0
0
0
s2smodern

logo JRH down