jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019
Juiz federal obriga Yonny Pedroso recolocar tornozeleira eletrônica, retirada sem autorização

Yonny pode ser penalizada por descumprir a ordem judicial.

E a deputada Yonny Pedroso, hein! Presa sob acusação de gatunar o dinheiro do transporte escolar junto com marido Wallace Barbosa, ela agora está sendo investigada por algo bem inusitado: o juiz federal Helder Girão Barreto, o mesmo que a livrou da Cadeia Feminina aprisionando-a em casa sob monitoramento, quer explicações da parlamentar sobre a razão que a levou a arrancar a tornozeleira eletrônica, condição para mantê-la em prisão domiciliar.

Girão quer um relatório completo do monitoramento eletrônico da deputada. Ele enviou ofício a autoridade judiciária que está responsável pela manutenção em regime especial de Yonny e de todos os que estão sob a cautelar.

Girão exige uma resposta em 48 horas, a partir da data expedição da ordem (emitida na segunda-feira 4, sob pena de responsabilidade) e ordenou que a deputada fosse escoltada por policiais federais até a Secretaria de Justiça e Cidadania para que o equipamento fosse recolocado, fato ocorrido ontem.

O juiz deixa bem claro que não sabe [por ordem de quem] Yonny tenha se livrado do instrumento de monitoramento. "[...] e mesmo sabedora do indeferimento de pedido de retirada, permaneceu em silêncio quanto à irregularidade", diz Girão no despacho.

Uma outra providência em relação a Yonny faz parte de outra decisão recente do juiz Helder Girão: ele negou um pedido da deputada para uma viagem a Manaus, onde acompanharia a filha em consulta oftalmológica.

"[...] não há comprovação da imprescindibilidade do acompanhamento da requerente a consulta oftalmológica de sua filha em Manaus, nem mesmo da consulta marcada para o período declinado e muito menos da viagem de ônibus sobretudo no caso de Deputada Estadual que até recentemente ostentava riqueza", escreveu o juiz.

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down