peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Domingo, 24 de vefereiro de 2019
Tensão na fronteira | Governo federal diz que não há risco de desabastecimento de energia em Roraima.

O Ministério de Minas e Energia informou ontem que mesmo que o governo venezuelano decida não fornecer mais energia ao Estado, as usinas térmicas de Roraima são capazes de abastecer a população.

Ainda de acordo com a pasta o parque térmico atual tem 217 MegaWatts (MW) de geração disponível, montante suficiente para atender toda a carga de energia consumida em Boa Vista, capital de Roraima.

Quase toda a energia importada da Venezuela é direcionada à cidade, que responde por cerca de 75% de toda a energia consumida no estado.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a importação elétrica corresponde a 30 MW durante o dia, e o resto é suprido por usinas térmicas brasileiras. À noite, o volume aumenta para 120 MW.

Ainda segundo a Aneel, o estado tem autonomia de combustível de 10 dias para abastecimento das térmicas.

Considerando o cenário de as usinas térmicas gerarem 100% da energia do estado, o consumo de combustível será de 1 milhão de metros cúbicos de óleo por dia. O transporte para o abastecimento das usinas térmicas em Roraima mobiliza por dia cerca de 70 caminhões-tanque.

Roraima é o único estado brasileiro que não é interligado ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down