peronico

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Boa Vista, 4 de março de 2019
Yonny Pedroso livra-se da prisão preventiva e ainda ganha um ‘bonus’

O juiz federal Gabriel Augusto Faria, substituto da Vara Federal em Roraima, foi afável com a deputada estadual Yonny Pedroso (Solidariedade). Não só recusou o pedido de prisão preventiva formulado pelo Ministério Público Federal como concedeu-lhe um ‘bonus’, permitindo que a parlamentar possa se encontrar com o marido José Wallace Barbosa, que se encontra preso no CPC da Polícia Militar.

No dia 14 de janeiro, antes de tomar posse como deputada, Yonny convenceu um agente da Secretaria de Justiça e Cidadania a remover a tornonzeleira eletrônica, sem autorização do juiz, o que motivou o MPF a pedir que o recolhimento domiciliar fosse convertido para prisão preventiva

Yonny foi presa junto com o marido José Wallace, acusados por desvio de dinheiro público. Os dois foram pegos na operação Zaragata da Polícia Federal, em dezembro do ano passado, junto com outras nove pessoas por suspeita de envolvimento de gatunagem milionária de verbas para transporte escolar que somam R$ 50 milhões.

Na sentença do juiz Gabriel, datada do último dia 27, ele escreve que “embora constatado o descumprimento da medida cautelar imposta, não constitui efeito automático que autorize a imediata decretação da prisão preventiva, em razão de sua excepcionalidade”.

E emendou: “No caso, a tornonzeleira foi recolocada e não há notícia de que esteja descumprindo as medidas impostas, havendo ainda a possibilidade de aplicação de nova medida diante de fato superveniente, ou mesmo nova decretação da prisão preventiva. Desse modo, indefiro o pedido do MPF e mantenho as medidas cautelares impostas a Yonny Pedroso Silva”, decidiu o juiz.

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down