peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Sexta-feira, 29 de março de 2019
Panfletismo e palanque pautam relação de Bolsonaro com o Congresso, diz Romero Jucá

O ex-senador Romero Jucá – presidente nacional do MDB – continua atraindo a atenção da grande imprensa. Em uma entrevista de página inteira ao jornal O Estado de S. Paulo, Jucá fala sobre os atritos de Jair Bolsonaro com o Congresso e o futuro do seu partido.

A relação do presidente Jair Bolsonaro com o Congresso ainda está pautada pelo clima eleitoral e pelo palanque, segundo avalia o ex-senador. “Essa relação está pautada pelo processo eleitoral, pelas redes sociais de ataque, pelo panfletismo da eleição e pelo palanque. É muito importante para o presidente, para o governo federal e para o Congresso, que isso possa ser colocado de lado”, afirmou.

Nos últimos dias, o presidente o líder da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltaram a trocar insultos, ampliando a escalada de atritos iniciada na semana passada. Após afirmar que Bolsonaro está “brincando de presidir o Brasil”, Maia pediu um basta na troca de provocações.

Para Jucá, é hora de ter humildade para mudar de rumos e corrigir ações. “Esse governo precisa ter duas coisas: humildade para reconhecer quando erra e rapidez para corrigir o erro. Se tiver essas duas coisas, vai aprumando”.

Derrotado na disputa para o Senado em Roraima em 2018 por apenas 426 votos, Jucá diz que foi “um acidente”. Ele ficou de fora da Casa após três mandatos consecutivos. Na entrevista, o presidente do MDB fala também sobre a reformulação de seu partido, a prisão do ex-presidente Michel Temer e sobre a necessidade de o general Hamilton Mourão ser mais bem utilizado pelo governo. A entrevista completa pode ser lida em: www.estadão.com.br.

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down