jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014

peronico

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Quarta-feira, 10 de julho de 2019
Empresa oferece R$ 49 milhões aos índios Waimiri-Atroari pela liberação da obra do Linhão de Tucuruí

A concessionária Transnorte Energia, dona do projeto do Linhão de Tucuruí – linha de transmissão de energia que ligará Manaus a Boa Vista – construiu um novo capítulo no emblemático plano de interligação de Roraima ao sistema de distribuição nacional.

É que na expectativa de dar fim ao impasse que envolve a passagem das torres de transmissão por dentro de uma reserva indígena, a Transnorte ofereceu R$ 49,635 milhões como indenização ao povo Waimiri-Atroari, cuja terra indígena em Roraima é cortada pelo traçado da linha.

O Plano Básico Ambiental Indígena foi encaminhado para a Fundação Nacional do Índio (Funai) há duas semanas atrás. Foram identificados 37 impactos da obra nas terras indígenas e na vida dos 2,1 mil índios que vivem no local.

Desses, dez impactos foram considerados reversíveis, ou seja, terão efeito temporário na vida dos índios. Outros 27 foram considerados irreversíveis, com reflexo constante para a população indígena.

O desembolso dos R$ 49,635 milhões foi dividido em três tipos de compensação. Para financiar 18 programas de proteção e compensação ambiental na etapa de construção da linha, prevista para três anos, a proposta é alocar R$ 18,379 milhões.

Uma segunda compensação de R$ 3,555 milhões, que seria paga em parcela única, está relacionada à indenização da área total de 66 hectares que será ocupada pelas 250 torres da linha que serão erguidas na terra indígena.

A terceira parcela está ligada aos impactos irreversíveis, que envolvem, por exemplo, alteração de rotas indígenas na floresta, aumento de ruídos e perda de vegetação. Para esse bloco, a proposta foi de R$ 27,701 milhões. O pagamento seria feito anualmente, em parcelas de R$ 1,025 milhão. Essa é a primeira vez que a concessionária apresenta valores ligados às medidas de mitigação de impacto do projeto.

LEIA mais
https://peronico.com.br/politica/empresa-oferece-r-49-milhoes-aos-indios-waimiri-atroari-pela-liberacao-da-obra-do-linhao-de-tucurui/

0
0
0
s2smodern

logo JRH down