jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


peronico

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Quarta-feira, 4 de setembro de 2019
Entre bate-boca e discussões irrelevantes, CPI da Saúde é instalada e define presidente e relator

Uma intensa discussão antecedeu ontem à instalação no Plenário da Assembleia Legislativa, da Comissão Parlamentar de Inquérito, denominada CPI da Saúde, para investigar supostos desmandos na Secretaria de Saúde do Estado. Findados o irrelevante bate-boca, o presidente da Casa, Jalser Renier decretou oficialmente instalada a CPI.

Autora de todo o entrevero inicial, a deputada Betânia Almeida requereu que seu nome, inicialmente designado como membro da Comissão, fosse retirado, a que de pronto foi atendido. Betânia almejava presidir a Comissão. Como não conseguiu, bateu em retirada.

Em seu lugar foi indicada a deputada Lenir. Em ato continuo foi escolhido o deputado Coronel Chagas como presidente e Jorge Everton ficou na relatoria. Evangelista Siqueira, Renato Silva, Nilton Sindpol, Soldado Sampaio e Lenir Rodrigues completam o time de investigadores.

E ontem mesmo os deputados da CPI da Saúde definiram o cronograma inicial de atuação. E o ex-secretário de Saúde Ailton Wanderley – cujas denúncias feitas em rede social, ao deixar a pasta, suscitaram os primeiros debates acerca da CPI – será o primeiro a ser ouvido em oitiva.

Os deputados vão escarafunchar todos os procedimentos licitatórios e administrativos na Sesau, de gestões anteriores e desses primeiros meses do Governo de Antônio Denarium. As diligências já começam nos próximos dias.

O relator Jorge Everton sugeriu que durante as diligências sejam realizadas cópias de processos no local, para não prejudicar os serviços prestados pela Sesau. Ele afirmou ainda que a comissão disponibilizará um número de telefone para que qualquer pessoa possa formalizar denúncias via WhatsApp para a comissão.

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down