Terça, 07 Janeiro 2020 11:17

Governo tem plano para remover venezuelanos que ocupam prédios públicos em Boa Vista.

Escrito por Peronnico

Finalmente o Governo do Estado acordou e decidiu ciar um grupo de trabalho para pôr fim às ocupações por imigrantes venezuelanos de prédios públicos abandonados.

A primeira reunião com órgãos de segurança pública do Estado, representantes da ACNUR – a agência da ONU para Refugiados – e com o comando da Operação Acolhida, aconteceu ontem, nas dependências da Setrabes.

Pelas contas da ACNUR são 3.100 venezuelanos vivendo em 11 edificações públicas e privadas. Prédios tradicionais como os da Secretaria de Educação (centro), Secretaria de Segurança (Ene Garcez), Secretaria de Administração (São Francisco), Ginásio Totozão (Parque Anauá), Casa da Cultura (Centro) e antigo Shopping Boa Vista e o Palácio Latiff Salomão serão desocupados aos poucos.

O processo de desocupação será lento, porém, permanente com a intenção de que a remoção se conclua ainda neste ano. Os venezuelanos serão levados para abrigos do Exército e interiorizados. A intenção do Governo é retomar os prédios e submetê-los a uma reforma geral, ou construir outro no lugar para abrigar antigas secretarias.

O primeiro prédio a ser desocupado é o da antiga Secretaria de Educação, ali na Praça do Centro Cívico. Com emendas parlamentares, será erguido um moderno centro administrativo para abrigar todos os setores da educação estadual.