Terça, 14 Abril 2020 20:14

CORONAVÍRUS: COM MAIS 30 CASOS EM um dia, Denarium apela para que as pessoas fiquem em casa

Escrito por Peronico
Denarium demonstra preocupação com o avanço da doença em Roraima e com o número de pessoas nas ruas. Denarium demonstra preocupação com o avanço da doença em Roraima e com o número de pessoas nas ruas.

Contrariando a pregação do amigo e aliado Jair Bolsonaro, o governador Antonio Denarium foi ás redes sociais apelar para que o roraimense mantenha o isolamento social como forma de conter a propagação do coronavírus.

A preocupação do governador decorre do aumento assustador e preocupante do número de novos infectados no Estado, quando foram diagnosticados mais 30 casos positivos em um único dia, elevando o número a 133.

Diferente das manifestações anteriores, Denarium aparece na página oficial do Governo no Facebook em pronunciamento de 3m15s com a fisionomia de preocupação, com aspecto muito sério, bem distante de outras aparições, quando aparece sempre sorrindo e pronunciando a expressão “Cada Dia Melhor” ao final de cada gravação.

Denarium fala do número de leitos na rede estadual para atender a infectados com a Covid-19 e disse que o estado passa “por um momento difícil na saúde pública”.

“Não saia de casa, vamos pensar no coletivo e evitar que mais pessoas sejam contaminadas e ocupem leitos hospitalares, juntos vamos vencer o coronavírus”, pediu.

Em meio ao avanço da doença em Roraima, Denarium afirmou que o estado possui atualmente 15 leitos de UTI com respiradores – equipamento fundamental para a recuperação de pacientes graves.

“Hoje, o Hospital Geral de Roraima dispõe de 41 leitos de UTI, sendo 15 com respiradores. Adquirimos mais 60 respiradores”, afirmou.

O governador informa que foram disponibilizados três respiradores no Hospital de Rorainópolis para reforçar o atendimento aos municípios do Sul do estado e que contratou 110 leitos de retaguarda em hospitais particulares de boa Vista – desses, 10 são de UTI.

 “Estamos finalizando o hospital de retaguarda no Estádio Canarinho que terá 80 leitos. “Chamamos atenção para o isolamento social como a melhor forma de combater o coronavírus. É preciso reduzir as filas em bancos, casas lotéricas, supermercados e no comércio em geral para evitar um colapso em nossos hospitais com o avanço da contaminação”, finaliza.