×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 336
Quinta, 09 Março 2017 10:02

Temer anuncia linhas de transmissão de energia. Para Roraima, nada

Escrito por

Quinta-feira, 09 de março de 2017

Temer anuncia linhas de transmissão

de energia. Para Roraima, nada

1302 Presidente Michel TemerO Governo federal continua de costas para Roraima. Na última terça-feira o presidente Michel Temer anunciou um conjunto de obras que vai contemplar todas as regiões do país beneficiando 16 estados. São privatizações de portos, aeroportos, rodovias ferrovias, saneamento básico e licitação de milhares de quilômetros de redes de transmissão de energia elétrica.

A surpresa é que não há um quilômetro de fio destinado a interligar Roraima ao sistema nacional. Surpreendente porque todos no Governo Federal sabem das deficiências de Roraima no setor energético, inclusive o presidente Michel Temer. Ele próprio prometeu aos nossos representantes em Brasília que o processo para a construção do Linhão de Tucuruí seria ‘desengavetado’ em um mês. Pura mentira.

Temer disse isso no dia 2 de outubro do ano passado no Palácio do Planalto quando recebeu em audiência a governadora Suely Campos, a senadora Ângela Portela e os deputados federais Shéridan, Maria Helena, Abel Galinha, Carlos Andrade, Hiran Gonçalves, Jhonatam de Jesus e Remídio Monai. Mas tudo continua do mesmo jeito. A construção da linha entre Manaus e Boa Vista não passa de um sonho.

O plano de investimentos do Governo prevê a licitação de 35 novos lotes de linhas de transmissão de energia elétrica, num total de 7.358 quilômetros de rede. A previsão do governo é que R$ 12,8 bilhões sejam, investidos nessas obras. As linhas vão passar pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. E Para Roraima? ZERO. O objetivo é justamente interligar as regiões que hoje não estão assistidas pela rede do Sistema Integrado Nacional (SIM). E Roraima está interligado ao SIM, por acaso?