×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 336
Sexta, 19 Maio 2017 11:49

Uma delação com a qualidade Friboi…

Escrito por

Sexta-feira, 19 de maio de 2017
Uma delação com a qualidade Friboi…

1905 Pres Temer Coluna PeronicoMichel Temer não consegue mais colocar seu governo no rumo nem agarrado a todos os santos. O naufrágio é inevitável.

Mas tinha que ser justamente uma delação com a qualidade Friboi para sacudir de vez os pilares da República, já dilacerada pelos efeitos da Lava Jato? Nem as boas notícias anunciadas na véspera do estouro da bomba como o fim da recessão anunciado pelo Banco Central, a queda da inflação, ou até mesmo a informação de que o País voltou a gerar empregos formais foram capazes de impedir, sequer amortizar, a hecatombe que ameaça destruir o Governo Temer pela delação do empresário Joesley Batista, dono da poderosa JBS.

O Governo tornou-se moribundo e agonizante e mesmo com a afirmativa de que não vai renunciar – afirmação, aliás, repetida com vigor por Temer – não tira seu governo do naufrágio iminente. Independente da permanência de Temer, por enquanto, o cenário que se construiu no País, após a delação do dono da JBS, joga a Nação na premente necessidade de discutir sucessão presidencial.

A Constituição não prevê a realização de eleições diretas nessas circunstâncias, mas a verdade é que a nação não pode esperar e continuar sangrando até o pleito de outubro do próximo ano. Quando se imagina que o País já desceu aos porões do inferno, com toda bandalheira que a Lava Jato tem revelado, eis que surpresas acontecem.

E parece haver ainda muito mais para descer. Que vergonha. Temer, claramente, está sem as credenciais para permanecer na Presidência, eis a verdade. O País precisa, e urgente, cuidar de sucessão presidencial. A permanecer na Presidência, como afirmou ontem, Temer só vai arrastar o povo brasileiro para mais sofrimento e agonia. Se conseguir provar ou sua inocência como almeja, será certamente eternizado e olhe lá se não abiscoitar uma canonização.