×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 336
Terça, 04 Julho 2017 12:54

Só dois deputados de Roraima se manifestam em apoio a Temer

Escrito por

Terça-feira, 04 de julho de 2017
Bancada roraimense na Câmara: só dois deputados se
manifestam em apoio a Temer contra denúncia de Janot

Uma espécie de censo realizado pelos veículos de comunicação do sul do país mostra que nem todos os deputados da base governista já se manifestaram a favor ou contra a acusação imposta pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, ao presidente Michel Temer. Apenas 44 deputados, sobretudo do PMDB e do PP, se manifestaram contra a autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) aceite a denúncia de corrupção passiva contra Temer, que poderia levá-lo ao afastamento imediato do cargo.

Todos os 513 deputados federais, diretamente ou através de seus gabinetes, foram procurador no final se semana pelos jornais O Globo (Rio) e Folha de S. Paulo (SãoPaul0) em busca de uma definição sobre como cada parlamentar deve votar. A maioria dos deputados, no entanto, não quis responder como irá votar (197) ou se disse indecisa (74). Apesar de o apoio público a Temer não chegar a 10% da Câmara, a tarefa de seus adversários para aprovar a autorização para que o STF avalie a denúncia é muito mais complexa que a do governo para se manter no Palácio do Planalto.

Sobre a bancada Roraima, composta de 8 deputados, os periódicos apuraram que apenas dois se manifestaram: Hiran Gonalves (PP) manifestou-se contra o recebimento da denúncia contra o presidente. Hiran é vice-presidente nacional do Partido Progressista, que tem como líder do Governo na Câmara, o deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro. E Jhonatan de Jesus (PRB), por questões óbvias: o presidente do seu Partido, Marcos pereira, é ministro do Desenvolvimento e Comércio Exterior.

Os demais parlamentares roraimenses mantem-se calados, indecisos ou omissos sobre a matéria. Os deputados Abel Mesquita (DEM), Maria Helena Veronese (PSB) e Shéridan (PSDB) fazem parte dos 273 deputados que não responderam à pergunta se são contra ou a favor da admissibilidade da denúncia contra Temer. Carlos Andrade (PHS) e Remídio Monai (PR) disseram estar indecisos. Édio Lopes (PR) não foi encontrado. Detalhe: todos eles fazem parte da base de apoio de Temer no Congresso Nacional.