Terça, 21 Maio 2019 10:57

Peculato: Ministro do Supremo nega arquivamento de investigação contra Shéridan - BLOG do jornalista Expedito Perônnico

Escrito por

Terça-feira, 21 de maio de 2019
Peculato: Ministro do Supremo nega arquivamento de investigação contra Shéridan.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), luiz Fux, impôs uma derrota a deputada federal roraimense Shéridan Stéffany (PSDB): rejeitou pedido de arquivamento de inquérito que apura se ela nomeou para o gabinete uma babá e uma empregada doméstica que trabalham na casa dela. A decisão é da última sexta-feira (17).

O inquérito foi aberto em setembro do ano passado a pedido da Procuradoria Geral da República, para investigar se houve o crime de peculato, que consiste em alguém se apropriar de dinheiro público para proveito próprio.

Ao pedir a investigação, a PGR afirmou ter recebido informações da Polícia Federal de Roraima de que as duas funcionárias foram nomeadas como secretárias parlamentares, uma com salário de R$ 11,8 mil e outra com salário de R$ 4,04 mil.

A Procuradoria Geral da República foi contra o arquivamento e disse que “a investigação tem um tempo necessário para colheita de evidências, muitas vezes resultantes de diligências sucessivas, e não há, seja por parte de nenhum dos atores processuais envolvidos na investigação, morosidade na sua condução”.

Fux considerou que cabe à Procuradoria definir o arquivamento. O ministro determinou a prorrogação do inquérito para que a PF continue as investigações por mais 60 dias.Fonte | TV Globo

LEIA mais