Sábado, 21 Setembro 2019 15:27

Ministro da Defesa reage aos xingamentos de Telmário contra o general Pazuello. “Incabíveis”, disse - BLOG do jornalista Perônnico

Escrito por

Sábado, 21 de setembro de 2019
Ministro da Defesa reage aos xingamentos de Telmário contra o general Pazuello. “Incabíveis”, disse

As ofensas de Telmário Mota contra o general de divisão Eduardo Pazuello [coordenador da Operação Acolhida aos venezuelanos refugiados em Roraima] certamente não cairão no esquecimento.

O senador falastrão gravou um vídeo e o distribuiu em redes privadas de WhatsApp onde agride o militar do Exército Brasileiro chamando-o de “…general de merda frouxo e covarde”.

O xingamento de Telmário repercutiu a nível nacional e já chegou na cúpula das Forças Armadas que seguramente agirá contra as asneiras de Telmário.

Ontem o da Defesa Fernando Azevedo e Silva afirmou que “não são cabíveis” os xingamentos feitos pelo senador por Telmário ao general Eduardo Pazuello.

“Tomei conhecimento disso por alto, vamos apurar os fatos. Mas, pelo vídeo que vi, não é cabível um pronunciamento daquele nível e daquela forma”, afirmou o ministro da Defesa, após participar de evento sobre segurança internacional na Escola de Guerra Naval, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Fernando Azevedo e Silva também afirmou que a permanência das Forças Armadas na Amazônia é “conveniente”. Desde o mês passado, está em vigor uma Operação de Garantia de Lei e Ordem Ambiental para lidar com a escalada de queimadas na floresta.

“A gente não faz avaliação, a gente cumpre ordens. A princípio devemos permanecer”.

LEIA mais