Terça, 24 Setembro 2019 11:15

Deputada paulista diz que Telmário é “bajulador de ditador” e “agressor de mulheres” - BLOG do jornalista Perônnico

Escrito por

Terça-feira, 24 de setembro de 2019
Deputada paulista diz que Telmário é “bajulador de ditador” e “agressor de mulheres”

Sem ter muito o que fazer Telmário Mota mantém sua guerra de troca de insultos nas redes sociais. Depois de ofender o general Eduardo Pazuello [coordenador da Operação Acolhida], abriu nova frente de batalha agora com a deputada federal paulista Carla Zambelli (PSL).

O senador roraimense, ao seu modo, falastrão e desbocado, fez ameaça e assegurou que a parlamentar “se dará muito mal” por ter mexido com ele. E prometeu que vai investigar os “desmandos” da Operação Acolhida, inclusive expondo os contratos feitos pelo general Pazuello, segundo ele [Telmário], ‘sob suspeita’.

Telmário rebateu Carla Zambelli porque a deputada ‘tomou as dores das ofensas ao general’ e publicou um vídeo em sua página no Instagram onde acusa o senador roraimense de ser o ‘co-responsável por todas as mortes praticadas pela narcoditadura venezuelana’.

“Você é um bajulador de ditador, que beijou e lambeu a mão, praticamente lambeu os cojones [testículos] de Nicolás Maduro, um genocida responsável por assassinar mais de 17 mil pessoas extraoficialmente e ser o responsável pela morte de mais de 300 mil pessoas na Venezuela”, disse a parlamentar.

Ainda no vídeo Carla Zambelli mencionou os casos de violência que o senador responde na Justiça. “Você que tem sete boletins de ocorrência por ameaças e violência. Você que é um covarde, vem falar mal de um general que tem sua honra e sua postura ilibada”.

Em um dos casos de maior repercussão, o senador é acusado de espancar uma jovem de 19 anos até ela desmaiar. A denúncia foi feita pela vítima, que se dizia amante do senador, em 2015.

LEIA mais