Quinta, 26 Setembro 2019 09:53

Assassinatos de indígenas crescem 22,7% em 2018, mostra relatório: Roraima lidera matança - BLOG do jornalista Perônnico

Escrito por

Quinta-feira, 26 de setembro de 2019
Assassinatos de indígenas crescem 22,7% em 2018, mostra relatório: Roraima lidera matança

O número de assassinatos de indígenas no Brasil aumentou de 110, em 2017, para 135, em 2018, um crescimento de 22,7%. Os estados com mais registros no ano passado foram Roraima, onde ocorreram 62 homicídios, e Mato Grosso do Sul, onde foram contabilizadas 38 mortes.

As informações, levantadas a partir de mapeamento de casos em todo o país feito pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), estão no relatório Violência contra os Povos Indígenas do Brasil – Dados 2018. O documento foi lançado na sede da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.

Em episódios classificados como “violência contra a pessoa”, o levantamento listou no ano passado 22 tentativas de assassinato, 18 homicídios culposos, 15 episódios de violência sexual, 17 casos de racismo e discriminação étnico-racial, 14 ameaças diversas, 11 situações de abuso de poder e oito ameaças de morte.

A pesquisa também mapeou invasões de terras indígenas, exploração ilegal de recursos naturais e danos diversos ao patrimônio dessas populações. Em 2018, a equipe responsável contabilizou 111 situações como essas. O número foi maior do que o registrado em 2017, quando o Cimi reconheceu 96 situações semelhantes. Fonte | CNBB

LEIA mais