Sexta, 04 Outubro 2019 09:07

Governo quer acelerar interiorização para acabar com fluxo de venezuelanos em Roraima - BLOG do jornalista Perônnico

Escrito por

Sexta-feira, 4 de outubro de 2019
Governo quer acelerar interiorização para acabar com fluxo de venezuelanos em Roraima

O governo federal quer ampliar o número de municípios brasileiros que recebem migrantes e refugiados venezuelanos. Um protocolo de intenções foi assinado. O propósito é interiorizar a acolhida, e criar melhores oportunidades de inserção dos migrantes da Venezuela no Brasil.

Até agosto, o Brasil contabilizava 14.643 refugiados e migrantes do país vizinho em mais de 250 municípios. Mais de 9 mil deles entraram neste ano no país.

De acordo com o ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, a migração dos venezuelanos “é a maior diáspora da América Latina”.

A ONU contabiliza que mais de 4 milhões de pessoas saíram da Venezuela desde 2016. Desses, 115 mil solicitaram refúgio no Brasil e outros 90 mil pediram residência temporária.

O protocolo do governo prevê que municípios que aderirem à campanha de acolhimento definirão o número de pessoas e famílias que poderão receber e até o perfil dos migrantes, conforme vocação econômica das cidades.

Cada município, em conjunto com o governo federal, definirá a data para receber os migrantes. Caberá ao governo federal fazer avaliação clínica, vacinar e prestar assistência médica imediata aos venezuelanos.

A iniciativa do governo visa a diminuir a concentração de venezuelanos em Roraima (que tem 13 abrigos provisórios) e criar oportunidade de trabalho e renda em outros lugares. A intenção é associar o melhor modelo de acolhimento com a menor despesa possível.

LEIA mais