Domingo, 20 Outubro 2019 20:30

Conspiração: Deputada trama com Denarium a queda de Jalser da Presidência da Assembleia - BLOG do jornalista Perônnico

Escrito por

Domingo, 20 de outubrode 2019
Conspiração: Deputada trama com Denarium a queda de Jalser da Presidência da Assembleia

Na era das conspirações cibernéticas, o fato marcante de ontem na política roraimense foi o vazamento no meio da noite, de um áudio de 53 segundos, que logo tomou conta das reses sociais, mostrando um diálogo conspiratório para derrubar o deputado Jalser Renier (Solidariedade) da presidência da Assembleia Legislativa.

As vozes dos personagens envolvidos na trama logo foram identificadas: trata-se de uma conversa da deputada estadual Catarina Guerra [que do mesmo Partido de Jalser, o Solidariedade] com o governador Antônio Denarium (PSL).

Na gravação é destacável a voz de Catarina sugerindo uma articulação para o afastamento de Jalser, inclusive com críticas ao Judiciário por não ter atendido aos pedidos de afastamento feito pelo Ministério Público.

Catarina é incisiva, diante de um Denarium aparentemente surpreso: “Só será possível de uma maneira só. Se a gente não sentir segurança que a gente vai conseguir isso, eu acho imprudente essa maneira que a gente tá querendo evoluir o passo nesse sentindo”.

E continua: “E aí a gente fica naquele ponto, ele cai por si, ou a Justiça nunca vai afastar porque tá refém dele. Enfim a gente vai ficar nessa insegurança até quando?”

No áudio é possível destacar a voz clara de Denarium afirmando: “a gente não consegue andar, não consegue evoluir”. E Catarina emenda: “mas essa história de que a justiça não dá porque vocês não dão, não cola não… também não é de se convencer, tem gente boa lá tem… tem gente boa na Assembleia, tem gente boa e ruim em todo lugar”.

E a conversa é finalizada com uma expressão de Denarium: “até na família da gente tem gente ruim pelo meio”. E por fim os dois parece acertados para que o que pretendem. Denarium pergunta: “tá combinado?”, e Catarina responde: “tá combinado”.

Veja a conversa na íntegra:

- Catarina: Mas isso só vai ser possível de uma maneira só. Se a gente não sentir segurança eu acho imprudente essa maneira que a gente tá querendo de querer articular, de evoluir o passe nesse sentido. Aí a gente fica naquele ponto, ele cai por si ou a Justiça nunca vai afastar porque está refém dele. Enfim, a gente vai viver nessa insegurança até quando também? Porque a gente não pode ficar refém dessa situação.

- Denarium: O grande entrave é o seguinte, a gente não consegue andar, não consegue… passou oito meses…

- Catarina: Mas essa história que a Justiça vai dizer: ‘Não dou porque vocês não dão’, também não é de se convencer. Tem gente boa lá, tem. Na Assembleia tem gente boa e tem ruim em todo lugar.

- Denarium: É, em toda sociedade tem os bons e os ruins, até em casa, até na família da gente.

- Catarina: Tem os danados… sempre tem um filho torto.

- Denarium: Combinado?

- Catarin:a Combinado!

LEIA mais