Quarta, 25 Dezembro 2019 12:03

Brasil nega envolvimento com ataque ao quartel do Exército da Venezuela, na fronteira com Pacaraima.

Escrito por Peronico
O clima é tenso na fronteira do Brasil com a Venezuela.

O governo brasileiro negou envolvimento em um ataque a uma unidade
militar no sul da Venezuela, próxima à fronteira com o Brasil, em Santa Elena
de Uiarén.

Segundo autoridades locais, na ação ocorrida no domingo (22), um militar
morreu e seis pessoas foram detidas. No ataque armas teriam sido roubadas.

Pelo Twitter, o ministro das Comunicações da Venezuela, Jorge Rodríguez,
acusou o governo brasileiro de colaborar com o treinamento dos autores do
ataque.

A região do ataque, território dos índios da etnia Pemón, é palco de constantes conflitos desde 2016, em virtude da disputa pela exploração de ouro.

"Reiteramos que o governo brasileiro não tem qualquer participação nas ações em questão ocorridas dentro do território venezuelanos. O Brasil não tem quaisquer satisfações a prestar ao regime ilegítimo venezuelano sobre a presença de venezuelanos em território nacional", diz a nota do Itamaraty.