Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu hoje no Twitter que o preço dagasolina está mais alto do que ele gostaria. A confissão foi feita em uma mensagem para o locutor esportivo Silvio Luiz, que vem criticando a escalada do preço dos combustíveis nas redes sociais. “A gasolina está mais cara do que gostaríamos”, escreveu Meirelles para Silvio Luiz.

Na quarta-feira, o locutor cobrou do ministro uma explicação para a série de altas no preço da gasolina: “O senhor ainda não me respondeu sobre o aumento quase que diário da gasolina”.

Em resposta, Meirelles explicou que a política de preços dos combustíveis é definida hoje pela Petrobras. “Agora, os preços são definidos pela Petrobrás, baseada nos custos do petróleo no mercado internacional, e não mais por critérios políticos.”

Meirelles criticou ainda a político de outros governos de controlar o preço dos combustíveis. “Quando aquela prática aconteceu, tivemos problemas sérios, com consequências graves para o país. Em 2015, a Petrobras assumiu 60 bi de prejuízo por ações eleitorais com o preço da gasolina.”

O preço médio da gasolina nos postos do país subiu 9,16% em 2017, chegando a 4,099 reais por litro na última semana do ano.
Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Fonte: msn/dinheiro
0
0
0
s2smodern

logo JRH down