jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

“Queremos atenção do executivo para as nossas demandas, para não precisarmos tomar outras medidas” - disse Sueli Cardozo, presidente do Sitram.

1602 campanha.salarial.sitramEm uma assembleia geral, o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Boa Vista (Sitram) lançou na noite desta segunda-feira, 15, a Campanha Salarial 2016. Com o lema “Valorização aos que se empenham para o crescimento de Boa Vista”, o objetivo da campanha segundo a presidente do Sitram, Sueli Cardozo, é chamar a atenção para as pautas de reivindicações dos servidores da Prefeitura Municipal de Boa Vista (PMBV).

“Diante de muitas tentativas de negociações, decidimos lançar a Campanha Salarial 2016, para que o Executivo dê celeridade ao reajuste anual dos servidores, pague os descontos indevidos da folha de pagamento repassados ao Regime Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Boa Vista (Pressem) e também faça o pagamento das progressões funcionais e promoções com devido retroativo”, destacou a presidente do Sitram, Sueli Cardozo.

O reajuste salarial está previsto na Lei Municipal 1.234/10, que prevê que ele seja efetuado no mês de janeiro com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado dos últimos doze meses. Este ano o IPCA foi de 10,67. “Sabemos que estamos em ano de crise, mas já fizemos duas reuniões e cobramos do secretário Paulo Bragato [secretário de administração e gestão de pessoas]”, informou Sueli Cardozo. “Queremos um reajuste. Se este não pode ser de 10,67% queremos saber quanto a PMBV poderá conceder de reajuste”, completou Cardozo.

Em Boa Vista, são seis mil servidores municipais que esperam o reajuste. “Queremos que a prefeitura olhe para nós. A Campanha que o Sitram lançou nesta noite tem este foco. Estamos agindo de forma pacífica e organizada. Queremos apenas nossos direitos”, destacou a servidora municipal Maria do Livramento.

Na assembleia desta segunda feira [ontem], os servidores estabeleceram que a campanha na mídia, nos locais de trabalho de cada servidor e nas redes sociais será realizada até o dia 29 de fevereiro, quando será realizada uma nova reunião para definir o que será feito em prol das reivindicações da classe.

“A categoria decidiu dá um prazo de 15 dias para a prefeitura dar uma posição oficial e com data de pagamento dos descontos indevidos. Com a campanha salarial, estamos buscando a atenção do executivo para as nossas demandas, para não precisarmos tomar outras medidas”, concluiu Sueli.

OUTRAS REIVINDICAÇÕES – O Sitram cobra do executivo melhora no atendimento dos médicos aos servidores periciados e a revisão no enquadramento na Lei Municipal 1.611/15 que diz respeito ao Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) dos servidores de Boa Vista, no qual alguns servidores foram enquadrados de forma incorreta.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down