Marcello Bussacchi

Marcello Bussacchi

Os últimos dias de setembro e o início de outubro são marcados por datas e fatos que celebram ciência e cultura. Este domingo (27), por exemplo, pode ser momento de conscientização para uma ação de solidariedade muito especial, o Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos. Nestes últimos meses de pandemia, os veículos da Empresa Brasil de Comunicação destacaram que houve uma diminuição de 40% no número de doações e que foi lançada uma campanha de conscientização a fim de esclarecer mais sobre o assunto. O tema foi divulgado em material especial na TV Brasil.

 No ano passado, o programa Sem Censura fez debate também sobre a doação de órgãos. Se, por um lado, o Brasil tem o maior sistema público de transplante, por outro, as doações de órgãos ainda enfrentam resistência. O programa Revista Brasil entrevistou cardiologista, na semana passada, que expõe importância da doação e o simbolismo do que é conhecido como "Setembro Verde". O transplante no Brasil é feito em 96% dos casos pelo Sistema Único de Saúde.

Ainda no campo da ciência, na segunda (28), é data dos 125 anos da morte do pesquisador francês Louis Pasteur (1822 - 1895), cujas experiências viabilizaram uma série de descobertas no campo da microbiologia que salvou e salva incontáveis vidas.  Foi o criador da vacina contra a raiva. por exemplo e também estudou e controlou o processo fermentativo dos alimentos.

As pesquisas de Pasteur (confira informações do programa Mentes Brilhantes) influenciaram significativamente os brasileiros Vital Brazil e Oswaldo Cruz, fundamentais para o desenvolvimento da ciência no Brasil no início do século 20.

A semana promove também a conscientização sobre a inclusão, com o Dia Mundial dos Surdos (confira especial publicado no Dia Nacional) e também o Dia Mundial do Coração, que alerta para os riscos das doenças cardiovasculares. Saiba mais sobre esse tema em reportagem abaixo da TV Brasil e em material veiculado sobre a prevenção de doenças.

 

Em 1º de outubro, Dia Internacional do Idoso, é motivo de mais um momento de especial reflexão em função do momento de pandemia. O programa Caminhos da Reportagem veiculou neste mês um especial sobre aqueles que representam cerca de 22 milhões de pessoas com mais de 65 anos.

Os idosos fazem parte de uma parcela da população que cresceu 20% somente nos últimos seis anos. Confira abaixo o programa na íntegra. Leia ainda a cobertura da Agência Brasil sobre idosos

A semana é também de homenagear o legado de artistas como Ronald Golias (que morreu há 15 anos) e relembrar os 50 anos de encerramento de atividade da TV Excelsior. Acesse aqui especial sobre os 70 anos da TV Brasileira. Confira material veiculado pela TV Brasil

Da TV para o rádio, o dia 3 de outubro foi o de nascimento de Orlando Silva (105 anos) e da morte de Emilinha Borba (há 15 anos). Para ouvir mais desses gênios da música brasileira, o acervo das Rádios EBC guarda preciosidades para voltar no tempo e cantarolar a arte brasileira.

Clique aqui para ouvir o vozeirão de Orlando Silva

Clique aqui para celebrar o legado de Emilinha Borba, "Rainha do Rádio"

No "Recordar é TV", da TV Brasil, uma lembrança de quando ela soltou a voz no programa de calouros de Ary Barroso e quando fez carreira na Rádio Nacional. Emilinha Borba era fã de Carmen Miranda e marcou a história da música nacional.

O registro de tanta memória é tratado pela equipe de acervo da EBC.  Neste espaço, o leitor tem acesso aos episódios e personalidades que tiveram presença no cenário nacional e mundial com os links do material produzido sobre os assuntos.

Confira abaixo fatos e datas da semana:

 

27 de setembro a 3 de outubro
27

Morte do ator e comediante paulista Ronald Golias (15 anos)

Morte do ensaísta, crítico literário, tradutor, filósofo e sociólogo alemão Walter Benjamim (80 anos)

Locomotion Nº 1 (originalmente denominada Active) foi a primeira locomotiva a operar em uma via férrea pública (195 anos)

Dia de São Cosme e Damião (Candomblé e Umbanda)

Dia Mundial do Turismo - comemoração instituída pela 3ª conferência da Organização Mundial do Turismo para marcar a data da adoção dos estatutos da OMT, ocorrida em 27 de setembro de 1970; data reconhecida pela ONU

Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos

Dia Marítimo Mundial - comemoração móvel (última sexta-feira de setembro) instituida pelo Conselho de Administração da Organização Marítima Internacional, anteriormente conhecida como Organização Consultiva Marítima Intergovernamental e que está ratificada pela ONU

28

Dia Internacional do Acesso Universal à Informação - data reconhecida pela UNESCO

Dia Mundial da Raiva - comemoração para marcar a data da morte do microbiologista e químico francês, Louis Pasteur, que faleceu em 28 de setembro de 1895, e que, com a colaboração de seus colegas, também desenvolveu a 1ª vacina eficaz contra a raiva, uma doença totalmente previnível que, ainda assim, mata uma pessoa a cada 10 minutos em média; data reconhecida pela Organização Mundial de Saúde

Promulgação da Lei dos Sexagenários, que libertava todos os escravos com mais de 60 anos (135 anos)

Morte do cientista francês Louis Pasteur (125 anos) - entre seus feitos mais notáveis podem-se citar a redução da mortalidade e a criação da primeira vacina contra a raiva (vacina antirrábica). As suas experiências deram fundamento para a teoria microbiológica da doença. Foi mais conhecido do público em geral por inventar um método para impedir que leite e vinho causem doenças, um processo que veio a ser chamado pasteurização, em homenagem ao seu sobrenome

29

Nascimento do cantor, compositor e pianista estadunidense Jerry Lee Lewis (85 anos) - considerado um dos pioneiros do gênero rock and roll

Dia Mundial do Surdo

Dia Mundial do Coração

30

Dia Internacional da Tradução - data reconhecida pela ONU

Dia Estadual da Velha Guarda das Escolas de Samba

Chuva de granizo no leste de Minas Gerais (MG) nas áreas dos vales do Rio Doce e Mucuri deixa 22 mortos e mais de 600 pessoas feridas (35 anos)

Inauguração do Teatro Francisco Nunes, o Teatro de Emergência, em Belo Horizonte (MG) (70 anos)

TV Excelsior encerra suas atividades (50 anos)

Morte do ator estadunidense James Dean (55 anos)

1

Nascimento do cantor mineiro Wanderley Alves dos Reis, o Wando (75 anos)

Dia Internacional das Pessoas Idosas - comemoração instituída pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas na Resolução Nº 45/106 de 14 de dezembro de 1990, que também é conhecida como Dia Internacional do Idoso , e que está oficializada no Brasil como Dia Nacional do Idoso

Dia Mundial da Música - comemoração internacional, que foi instituída por uma resolução de 1973 da 15ª Assembleia Geral do Conselho Internacional de Música

Dia Mundial do Vegetarianismo - comemoração internacional de vegetarianos que foi instituída em 1977 pela Sociedade Vegetariana Norte-Americana e aprovado em 1978 pela União Vegetariana Internacional

Fundado o jornal gaúcho Correio do Povo (125 anos)

2

Inauguração do Estádio do Morumbi (60 anos)

Dia Internacional da Não-Violência - comemoração instituída pela ONU numa Resolução de 15 de Junho de 2007 para marcar a data do nascimento do líder pacifista hindu, Mahatma Gandhi

Dia Nacional do Pacifismo Ativo e pelo Desarmamento - comemoração conforme Lei Nº 11.619 de 19 de dezembro de 2007, que está relacionada com o Dia Internacional da Não-Violência

3

Nascimento do cantor fluminense Orlando Silva (105 anos) - referenciado como o cantor das multidões , em 12 de setembro de 1936, participou da inauguração da Rádio Nacional, sendo o primeiro a ter um programa exclusivo na emissora

Morte da cantora fluminense Emilinha Borba (15 anos) - em 1942, foi contratada pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, desligando-se meses depois. Em Setembro de 1943 retornou ao cast daquela Emissora, firmando-se a partir de então, e durante os 27 anos que lá permaneceu contratada, como a Estrela Maior da emissora PRE-8, a líder de audiência

Início da Revolução de 1930, sob a liderança de Getúlio Vargas (90 anos)

Edição: Beatriz Arcoverde

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.303 da Mega-Sena. Com o prêmio principal acumulado, a estimativa da Caixa é que ele pague R$ 60 milhões no sorteio da próxima quarta-feira (30).

A seis dezenas foram sorteadas nesse sábado (26), às 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.  

As dezenas sorteadas são as seguintes: 03 - 07 - 17 - 20 - 48 - 50.

A quina registrou 145 apostas ganhadoras; cada uma pagará individualmente R$ 28.857,20. A quadra teve 8.431 apostas vencedoras e pagará um prêmio a cada ganhador de R$ 708,99

As apostas para o concurso 2.304 podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O volante, com sei dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

A pandemia de covid-19 elevou e expôs as vulnerabilidades que os surdos enfrentam, segundo a secretária nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Priscilla Gaspar. “Antes, os surdos já enfrentavam dificuldades mesmo cobrando nas esferas municipal, estadual ou federal a atenção em relação às políticas públicas. Nós levamos um susto e vimos mais ainda as necessidades dessas pessoas”, diz a secretária, que é a primeira surda a chegar a um cargo de alto escalão no Executivo. Ela, que é uma das 28 pessoas com surdez na família, entende que a falta de informações para esse público causa impacto em diferentes espaços. 

Uma das providências tomadas pela secretaria foi criar cartilhas para colaborar com a informação de pessoas surdas em relação à covid-19. Para a secretária, a principal questão durante a pandemia era o acesso às informações de primeira necessidade, nas áreas de saúde e também da educação. “Como as pessoas acometidas pelo vírus serão recebidas nos hospitais? Como o surdo vai se comunicar com o médico? Ou na educação, como as pessoas vão acompanhar aulas a distância, em casa. Muitas famílias são vulneráveis. Todas essas questões nos preocupam bastante”, afirma. Para ela, a atenção deve ser ainda maior nesse momento em relação às políticas públicas. Em relação ao período, há uma preocupação extra em relação ao pós-pandemia. “Nós precisamos estar ainda mais atentos a esses grupos. A atenção precisa ser ainda maior”.

Para Priscilla Gaspar, as legislações que garantem os direitos existem, mas precisam ser cumpridas em diferentes esferas pela sociedade. “A Lei Brasileira de Inclusão demorou 15 anos para que fosse reconhecida e regulamentada (em 2015). O maior desafio é a sociedade conhecer e respeitar a legislação”.

Sobre a entrevista

A entrevista foi realizada por videoconferência com a participação da intérprete e tradutora Dânnia Vasconcellos. A conversa é apresentada a seguir no modelo de perguntas e respostas. O português é o segundo idioma para os surdos e, apesar de não ser ser capaz de reproduzir, por exemplo, o sinal que os identifica em Libras, o texto escrito permite que mais pessoas com alguma deficiência tenham acesso ao conteúdo. Além disso, o site da Agência Brasil disponibiliza a ferramenta VLibras, que simula as letras e expressões em Libras por meio de um avatar para traduzir determinados vocabulários menos comuns aos surdos.

Dia do Surdo: histórias de inclusão
Surdos e interpretes contam suas experiências de comunicação.

Jovens surdos e intérpretes buscam ar da inclusão

Não se deve menosprezar a capacidade de um surdo, diz pesquisador

Agência Brasil - O respeito à legislação de proteção às pessoas com deficiência é um dos maiores desafios desse momento?

Priscilla Gaspar - Para vocês terem uma ideia, a Lei Brasileira de Inclusão demorou 15 anos para que fosse reconhecida e regulamentada. Foi muito tempo e já está aí em vigor há cinco anos em nosso país. É muito pouco tempo. Mas é preciso fazer com que a sociedade conheça o texto da lei que está ali com questões relacionadas a pessoas com deficiência em diferentes dimensões, como a área de educação, do desporto, da empregabilidade e outros setores. Vamos dizer que hoje as as pessoas com deficiência precisam de maior protagonismo e oportunidades no mercado de trabalho e nos espaços de educação, por exemplo,

Agência Brasil - Datas relacionadas à conscientização sobre o Dia Nacional do Surdo ajudam na visibilidade dessas questões?

Priscilla Gaspar - Com certeza porque essas datas são marcos comemorados anualmente. Uma oportunidade de conscientização para pensar também nas conquistas, avanços e também reflexões sobre o que falta. Nós, que trabalhamos no governo federal, lançamos uma campanha muito interessante, com o nome de #eurespeito.  Foi lançada para que qualquer pessoa possa fazer seu vídeo e colocar nas redes sociais por exemplo. A campanha ajuda na conscientização e empatia porque, na verdade, aqui no Brasil temos muitas leis que protegem os direitos das pessoas com deficiência, mas poucos conhecem.

Agência Brasil - A senhora falou sobre duas questões complexas no país em relação à inclusão: educação e trabalho...

Priscilla Gaspar -  Quando a gente fala dos surdos, elas são pessoas com deficiência, mas elas usam a língua brasileira de sinais e a língua delas é diferente. Existe essa diferença linguística, cultural e de identidade. O surdo usa a língua de sinais para se comunicar e ver o mundo de maneira visual. Então é diferente de outras pessoas com deficiência. As pessoas surdas dependem de uma acessibilidade comunicacional. Nós aqui no nosso país estamos tentando lutar para implantar políticas públicas para os diferentes grupos de pessoas com deficiência. Se a gente for pensar agora nesse momento, durante a pandemia, nós já tínhamos dificuldades.

Antes, os surdos já enfrentavam dificuldades cobrando nas esferas municipal, estadual ou federal a atenção em relação às políticas públicas. Nós levamos um susto e vimos mais ainda as necessidades das pessoas. Como a gente vai buscar atendimento na área da saúde? Como as pessoas acometidas pelo vírus podem ser atendidas? Como o surdo vai se comunicar. Na área de educação, também, como as pessoas vão estudar à distância. Muitas famílias, na verdade, são vulneráveis.  A vida de todas as pessoas ficou mais complicada. Outra preocupação nossa é com o pós-pandemia e devemos ficar ainda mais atentos com relação a esses grupos. A gente já vem lutando há muito tempo. Defendo que devemos dar uma atenção ainda maior para as pessoas com deficiência.

Agência Brasil - A senhora pode falar um pouco mais sobre o impacto da pandemia para os surdos?

Priscilla Gaspar - A maior preocupação para essas pessoas é a falta de informação. A pior barreira para os surdos é a acessibilidade comunicacional. Com isso, a secretaria fez cartilhas acessíveis para pessoas cegas em html e também para pessoas surdas com tradução e interpretação em Língua Brasileira de Sinais. Outro desafio é como pensar em educação nesse período. A acessibilidade comunicacional é ainda frágil no nosso país. É importante que estados e municípios façam suas leis para garantir essa acessibilidade.

Agência Brasil  - Está muito distante o dia que a Libras será de fato a segunda língua do brasileiro?

Priscilla Gaspar - Desde a lei 10.436, de 2002, a Língua Brasileira de Sinais tem sido . Existem muitas escolas, inclusive, solicitando que tem a Libras como disciplina obrigatória. Há estados que estão solicitando a questão da criação de escola bilíngue para surdos. Eu penso que mais à frente a língua estará mais difundida. O tradutor intérprete também é uma

profissão muito nova e estamos lutando também pelo reconhecimento desse profissional. Ele colabora com o espaço de inclusão em diferentes áreas. Nós preferimos sempre o intérprete humano a qualquer tecnologia. Os avatares, por exemplo, apenas auxiliam nas leituras de textos. Nada substitui o intérprete humano até o momento.

Agência Brasil - Mais alguém da sua família também tem a surdez?

Priscilla Gaspar - Na verdade, eu sou a terceira geração de surdos na família. Minha família tem 28 pessoas surdas. Meu marido é surdo. Minhas três filhas são surdas. Meus pais eram surdos. Meus tios são surdos 

Agência Brasil - Qual é a expectativa da senhora para os próximos anos para os surdos no país?

Priscilla Gaspar - Meu maior sonho é que nosso país seja um país bilíngue, de língua portuguesa e também de Libras. Um lugar em que as pessoas sempre possam encontrar alguém que saiba se comunicar comigo. Que o surdo tenha acesso efetivo à educação e que as crianças surdas consigam se desenvolver de maneira bilíngue.

O Concurso 2.303 da Mega-Sena sorteia neste sábado (26) o prêmio acumulado de R$ 50 milhões.

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Ainda neste sábado, serão sorteadas as modalidades Timemania, com prêmio estimado em R$ 3,7 milhões; Loteca, com prêmio previsto de R$ 1,4 milhão; Dia de Sorte, com previsão de R$ 700 mil, e Dupla Sena, com prêmio estimado em R$ 600 mil.

Os apostadores podem fazer seus jogos até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país, ou pela internet.

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na poupança, receberá cerca de R$ 57 mil em rendimentos mensais. Se ele optar por investir na venda de combustíveis, poderá abrir 75 postos de gasolina a um custo de R$ 285 mil cada.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Universidade Federal de Roraima
Código da UASG: 154080

Pregão Eletrônico Nº 18/2019
Objeto: Objeto: Pregão Eletrônico - Aquisição de Gêneros Alimentícios.
Edital a partir de: 25/09/2020 das 08:00 às 12:00 Hs e das 14:00 às 17:59 Hs
Endereço: Campus do Paricarana - Br - 174 - Jardim Floresta - - Boa Vista (RR)
Telefone: (0xx95) 84105662
Fax: (0xx95)
Entrega da Proposta:  a partir de 25/09/2020 às 08:00Hs
Abertura da Proposta:  em 08/10/2020 às 09:30Hs, no endereço: www.comprasnet.gov.br

Tribunal Regional Eleitoral de Roraima
Código da UASG: 70028

Pregão Eletrônico Nº 39/2020
Objeto: Objeto: Pregão Eletrônico - Registro de preços para a contratação de Solução Integrada de Videoconferência, pacote de Software de Escritório, Armazenamento, denominada Office 365 Enterprise E1, E3 e E5, conforme condições estabelecidas no termo de referência (Anexo I do Edital)
Edital a partir de: 25/09/2020 das 08:00 às 12:00 Hs e das 12:01 às 15:00 Hs
Endereço: Av. Getulio Vargas, 225 Bairro Sao Pedro - - Boa Vista (RR)
Telefone: 
Fax: 
Entrega da Proposta:  a partir de 25/09/2020 às 08:00Hs
Abertura da Proposta:  em 08/10/2020 às 10:00Hs, no endereço: www.comprasnet.gov.br

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA
Tribunal de Justiça
Código da UASG: 925480

Pregão Eletrônico Nº 37/2020
Objeto: Objeto: Pregão Eletrônico - Formação de Registro de Preços para aquisição eventual de equipamentos e materiais para montagem de estúdio de gravação audiovisual e modernização das salas de aula da Escola do Poder Judiciário do Estado de Roraima, conforme as especificações e quantidades estabelecidas no Termo de Referência Anexo I deste Edital.
Edital a partir de: 25/09/2020 das 08:00 às 14:00 Hs
Endereço: Avenida Cap. Ene Garcez, N.º 1696, 3º Piso, Sala 335 - São Francisco - Boa Vista (RR)
Telefone: (0xx95) 31984145
Fax: (0xx95)
Entrega da Proposta:  a partir de 25/09/2020 às 08:00Hs
Abertura da Proposta:  em 08/10/2020 às 10:00Hs, no endereço: www.comprasnet.gov.br

Tribunal de Contas do Estado de Roraima
Código da UASG: 925458

Pregão Eletrônico Nº 11/2020
Objeto: Objeto: Pregão Eletrônico - Aquisição, sob demanda, de café e açúcar cristal para atender as necessidades do Tribunal de Contas do Estado de Roraima
Edital a partir de: 25/09/2020 das 08:00 às 12:00 Hs e das 14:00 às 17:59 Hs
Endereço: Av. Cap. Ene Garcez 548 - Centro - Centro - Boa Vista (RR)
Telefone: 
Fax: 
Entrega da Proposta:  a partir de 25/09/2020 às 08:00Hs
Abertura da Proposta:  em 08/10/2020 às 10:00Hs, no endereço: www.comprasnet.gov.br

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (23) à noite no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados no Concurso 2.302 foram 18, 22, 25, 27, 43, 44.

A quina teve 126 acertadores e cada um vai receber o prêmio de R$ 27.380,62. Os 6.684 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 737,35. A estimativa de prêmio do próximo concurso, no sábado (26), é de R$ 50 milhões. 

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. A probabilidade de ganhar o prêmio milionário, com a aposta simples, é de 1 em 50.063.860, de acordo com a Caixa.

MINISTÉRIO DA CULTURA
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
Superintendencia do Iphan em Roraima
Código da UASG: 343038

Tomada de preço Nº 1/2020
Objeto: Objeto: O objeto da presente licitação é a escolha da proposta mais vantajosa para a contratação de empresa especializada para realizar ações de conservação no sítio arqueológico Pedra do Perdiz (CNSA RR00036), localizado na Comunidade Indígena do Perdiz, Terra Indígena de São Marcos (Médio São Marcos), Município de Pacaraima-RR, e oficina de capacitação junto à comunidade local, para que possam ter condições de efetivar a manutenção do referido sítio, bem c
Edital a partir de: 24/09/2020 das 09:00 às 11:59 Hs e das 14:00 às 17:00 Hs
Endereço: Rua Coronel Pinto, 465 Anexo Centro - Centro - Boa Vista (RR)
Telefone: (0xx95) 84063836
Fax: (0xx95)
Entrega da Proposta: 23/10/2020 às 09:00Hs