Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Governo de Roraima formalizou a criação e implantação do Polo Produtivo Rural no município de Normandia, programa pioneiro que servirá de modelo para outras áreas do estado, tendo como meta o incentivo ao fortalecimento da agricultura familiar. Durante a ação realizada neste domingo (22) contou com a entrega de 90 títulos de rurais.

O Polo Produtivo Rural que recebeu o nome de Afonso de Souza, é uma homenagem ao importante produtor rural, Manoel de Souza filho, falecido em 17 de julho de 2017. Ele veio a Roraima e estabeleceu raízes no município de Normandia, impulsionado pelo garimpo e na esperança de dias melhores. Grande parte da sua família continua vivendo na região.

A área do Polo Produtivo Rural Afonso de Souza, segundo o presidente do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização do Estado de Roraima), Alysson Macedo, compreende 600 hectares, estava desapropriada desde 2012 sem nenhuma utilização. E agora foi destinada a produtores da agricultura familiar, fomentando a economia do município.

Alysson explicou ainda que o projeto, pioneiro no Estado, é mais uma das várias ações de incentivo do Governo de Roraima para o desenvolvimento da produção rural e geração de renda e deve ser replicado em outros municípios.

PARCERIA – O Polo Produtivo de Normandia é um trabalho conjunto do Iteraima, da Seapa (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), da Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e da prefeitura de Normandia.

Ele resultou de um Acordo de Cooperação técnica assinado em outubro do ano passado, entre o Governo de Roraima e a prefeitura de Normandia, que previa a criação do projeto agrícola, para beneficiar produtores hortifrutigranjeiros da região, hoje tornado realidade dentro do projeto de regularização fundiária do estado. A governadora Suely Campos disse na ocasião que a regularização fundiária tem sido uma das prioridades de sua gestão, tanto pela segurança jurídica quanto pelo incremento na economia pela produção rural.

O governo do estado, segundo ela “vem investindo fortemente no setor produtivo, tanto que já temos resultados positivos na economia do nosso Estado, que hoje é considerado a nova fronteira agrícola do país. E vamos continuar investindo, levando segurança jurídica a todas as áreas do Estado, através da regularização fundiária”

0
0
0
s2smodern

logo JRH down