Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Contrariando o movimento de queda verificado de maneira geral no país, a produção de milho em Roraima teve crescimento neste ano-safra de 2,2%, o que representa mil toneladas a mais para o estado, chegando a uma colheita de 46,6 mil t. Os números de fechamento deste ciclo de levantamentos foram divulgados nesta semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

De acordo com o estudo, o bom desempenho deve-se principalmente aos investimentos empresariais na cultura, que plantará em uma área de 7,8 mil hectares, espaço 35% superior do que a safra passada. Outros motivos também influenciaram, como o maior interesse em plantar o grão devido ao menor custo para a produção, uma vez que já havia terras de lavra adubadas, há cerca de 3 anos, com a cultura da soja.

Apesar do aumento, o milho ainda é a terceira cultura mais importante para o estado de Roraima. A soja segue como principal colheita, com uma produção superior a 114 mil toneladas. Esse índice é reflexo tanto do aumento de produtividade quanto de uma maior área plantada, chegando a 38,2 mil hectares, um acréscimo de 27,3%. Este incremento refere-se a uma expansão da fronteira agrícola, com novas áreas sendo incorporadas à produção de soja.

Já a produção de arroz manteve-se estável com uma colheita de aproximadamente 87 mil toneladas. Outras informações com os dados da produção em todo o país estão disponíveis no site da Conab.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down