jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Caminhão do Peixe da Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) volta, nesta quinta-feira (7/2), a partir das 14 horas, para o bairro União, na Avenida Carlos Pereira de Melo, cruzamento com a Avenida São Sebastião.

Desta vez, serão disponibilizados 200 quilos de matrinxã, pelo preço de R$ 10,00 o quilo. As vendas vão até às 18 horas e retomam na sexta-feira, dia 8, no mesmo endereço, a partir das 8h e segue até às 18h ou enquanto durar o estoque.

O pescado é do produtor rural Mário Maciel. Ele frisou que o apoio da Seapa para a comercialização é fundamental neste momento. “Até o final do mês de abril vamos sofrer com o período de estiagem. A gente que cria peixe em tanques de piscicultura temos que correr contra o tempo para vender o que resta de pescado, antes que a água atinja um nível baixo, comprometendo a vida deles”, explicou.

COMO FUNCIONA – O Caminhão do Peixe atende o pequeno e médio produtor, que enfrenta dificuldades na comercialização. O piscicultor entra em contato com a Secretaria, faz um cadastro e recebe orientações de como deve ser recebido esse peixe.

“A qualidade do pescado deve ser mantida. Dependendo da espécie, existem diferentes formas de acondicionamento. Em seguida orientamos sobre como é feita a comercialização no Caminhão, os melhores pontos de venda na cidade para que ele possa vender a um preço bom pra ele e para o consumidor”, explicou o coordenador de piscicultura da Seapa, Marlon Maia.

Ele ressaltou que a comercialização é de inteira responsabilidade do produtor. “Nós auxiliamos na despesca, disponibilizamos o caminhão, mas a venda é com o próprio produtor. Esse esquema só modifica na Semana Santa, pois devido ao aumento da demanda nesse período, é a Secretaria que fica responsável pela venda”, detalhou.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down