jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Boa parte dos itens que compõem a merenda servida nas escolas da rede estadual de ensino vem da agricultura familiar. A Coophorta - cooperativa que conta com cerca de 320 pequenos produtores -, é uma das fornecedoras desses alimentos.

Além de itens como abacaxi, abóbora, banana e batata doce, a Cooperativa também fornece polpa de frutas, que segue um processo de fabricação dentro das normas sanitárias vigentes, resultando em um produto de qualidade.

Somente nos meses de março e abril deste ano, foram fornecidas mais de 15 toneladas de polpa para a merenda escolar. Sendo 9.957 kg em março e 5.119 kg em abril.

0305 Polpa de fruta para a merenda escolar2

O PROCESSO – O DAE - Departamento de Apoio ao Educando entra em contato com a Coophorta e solicita as quantidades necessárias para cada unidade de ensino. O produtor cooperativado entrega as frutas para a Cooperativa, que encaminha para processamento em uma indústria de beneficiamento na região do Monte Cristo, zona Rural de Boa Vista.

“O produtor entrega a fruta e nós encaminhamos para o local onde elas são transformadas em polpa. Elas retornam para a câmara fria da Cooperativa, onde ficam estocadas e são distribuídas conforme os pedidos”, explicou o gerente administrativo da Coophorta, Jucélio Oliveira.

A Coophorta, este ano completa 16 anos em atividade, já possui experiência quando se trata de merenda escolar. Desde 2011 a Cooperativa trabalha com o Pnae - Programa Nacional de Alimentação Escolar entregando itens de hortifruti. As polpas de frutas passaram a fazer parte dos produtos fornecidos em 2016.

0305 Merenda escolar jucelio oliveira da Coophorta

Oliveira explicou que todo o processo segue as normas sanitárias determinadas pela Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pelo MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e ADER - Agência de Defesa Agropecuária.

“O beneficiamento é terceirizado, porém a indústria segue todas as normas. Todo esse processo é fiscalizado e acompanhado pelos órgãos competentes. Se essa empresa não tivesse o SIF - Selo de Inspeção Federal não poderíamos estabelecer nenhum tipo de relação comercial com eles”, detalhou Oliveira.

AGRICULTURA FAMILIAR – A merenda escolar fomenta de forma direta a agricultura familiar em todo o Estado. Todos os cooperativados junto a Coophorta são agricultores familiares. “Nós temos 600 pequenos produtores cadastrados, deste total, 320 estão ativos. Para fornecer eles precisam da DAP - Declaração de Aptidão ao Pronaf, documento que comprova que eles são agricultores familiares”, explicou Oliveira.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down