jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O esperado para o mês de agosto é de precipitação de 200 mm para todo o Estado

0108 figura 1  
0108 figura 2  

O mês de julho registrou índice de chuvas acima do normal, segundo boletim divulgado pela Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Femarh na manhã desta segunda-feira, 1º.

Segundo dados do Sistema de Proteção da Amazônia – Sipam, choveram 391,9 milímetros em todo o Estado de Roraima, sendo que o normal esperado pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) é de cerca de 340 mm.

Ainda de acordo com o boletim, a maior precipitação registrada em 2016 ocorreu no dia 31 de maio, quando choveu cerca de 68 mm, causando alguns transtornos à população. O registro foi da plataforma A 135 do Inmet.

A previsão para os próximos dias é de tempo nublado a encoberto com pancadas de chuva, com tendência de temperaturas estáveis com variações entre 25º e 35º. Já a umidade terá variação entre 50% e 95% e os ventos, com intensidade fraca a moderada.

A precipitação de chuvas deverá registrar cerca de 200 mm em todo o Estado no mês de agosto. A região mais atingida pelas chuvas nos próximos dias será no nordeste de Roraima, que compreende os municípios de Normandia, Pacaraima, Uiramutã, norte de Boa Vista, leste de Amajari e norte de Bonfim, com chuvas acima de 20 mm.

De acordo com o meteorologista da Femarh, Ramón Alves, as previsões estão dentro da normalidade. “Estamos no período de transição de período chuvoso para período seco, então a previsão é de que tenha uma redução nas chuvas e um aumento de raios e trovões. Está tudo dentro do esperado para este trimestre”, esclareceu.

Nas últimas 96 horas, o nível do Rio Branco em Boa Vista apresentou queda. Na leitura da manhã desta segunda-feira, 1º, o nível do rio baixou 20 centímetros, saindo de 695 cm para 675 cm, segundo dados coletados pelas PCDs (Plataformas de Coletas de Dados), da Femarh e divulgados pela ANA (Agência Nacional das Águas). Em 2015, no mesmo período, o nível do Rio Branco foi de 319 cm.

As informações do boletim são elaboradas pela Femarh, com dados da Agência Nacional de Águas – ANA, Companhia de Pesquisas e Recursos Minerais – CPRM, Instituto Nacional de Metereologia – Inmet, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e Sipam.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down