jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Foi recolhida 1,5 tonelada de lixo entre sacos plásticos, garrafas e esssee trabalho ainda continua

2609 Caer nos Rios 1  
2609 Caer nos Rios 2 2609 Caer nos Rios 3 2609 Caer nos Rios 4 2609 Caer nos Rios 5  

A Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) promoveu domingo, 25, a 8ª edição do Caer nos Rios, um projeto de conscientização da sociedade sobre a importância da preservação ambiental. Ao todo, 120 voluntários participaram da programação que contou com plantio de mudas de ipê na sede da empresa, no bairro São Pedro, e a coleta de resíduos sólidos, de forma simultânea em 3 locais: nas margens do rio Branco, balneário Cauamé e na Escola Estadual Maria Nilce Macedo Brandão, no bairro Caimbé.

“O Caer nos Rios é uma ação que tem como objetivo fazer a retirada de resíduos sólidos do meio ambiente e levar orientações para a população em relação à educação ambiental e a sustentabilidade através de pequenas atitudes. A cada encontro fazemos o trabalho de esclarecimento sobre a necessidade de manter o descarte correto dos resíduos sólidos para evitar a poluição do nosso rio Branco”, esclareceu o presidente da Caer, Danque Esbell.

O Caer nos Rios é coordenado pelo NMA (Núcleo de Meio Ambiente) da Companhia e conta com apoio de diversos parceiros, entre eles, Comando de Policiamento Ambiental (CIPA), Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Corpo de Bombeiros, Eletrobrás, Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Centro Universitário Estácio da Amazônia, Associação dos Barqueiros, ONG [Organização Não Governamental] Idecam (Instituto de Defesa Civil da Amazônia) e Rede de Farmácias Pague Menos.

“Para nós é gratificante participar de uma ação como essa, pois o nosso maior interesse é ver o meio ambiente preservado e sabemos que nem todas as pessoas tem essa consciência por isso é preciso trabalhar em equipe”, disse a comandante da ONG Idecam, Edilza Marques Viana.

Durante a manhã de domingo foi retirada do meio ambiente mais de 1,5 tonelada de lixo, entre sacos plásticos, latinhas de alumínio, garrafas PET e até restos de cadeira de ferro, geladeira, e material de PVC.

“São materiais altamente poluentes que demoram anos para se decomporem, causando sérios danos ao meio ambiente, por isso devem ser eliminados de forma correta e infelizmente nem todos tem essa preocupação”, lamentou a voluntária Maria Helena de melo.

A estudante do Colégio Militar, Ana Rita Correia, destacou a importância da ação. “Eu nem imaginava que seria possível coletar tanto lixo. Eu e meus amigos da escola ficamos surpresos com tanta sujeira e felizes de ajudar nesse trabalho, pois sabemos que ganhará com isso é o meio ambiente que estará menos poluído”, salientou.

Alunos da Escola Estadual Maria Nilce também participaram da ação. “Nós que estudamos na escola ficamos muito felizes de colaborar pois a nossa escola ficou bem melhor e além da limpeza sabemos que estamos ajudando o meio ambiente também”, disse a estudante Dhelly de Oliveira.

Essa edição do Caer nos Rios encerrou com uma confraternização entre os voluntários que fortaleceram a corrente do bem em prol do meio ambiente. “Foi um momento importante de agradecimento e reconhecimento do papel de cada nesse processo de mudança de atitude por um planeta sustentável e que no futuro resultará em qualidade de vida”, declarou o presidente da Caer.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down