Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Estudos apontam para a possibilidade de produzir 10 megawatts no município do Cantá

Considerando a necessidade de energia de qualidade em Roraima, as empresas FIT Manejo Florestal e a Omega Engenharia estão realizando estudos no estado para implantação de uma usina geradora de energia elétrica sustentável. Representantes do grupo empresarial já deram entrada no licenciamento ambiental na Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos).

Os representantes das duas empresas foram recebidos pela governadora Suely Campos no Palácio Senador Hélio Campos para apresentar o projeto. O grupo pretende produzir energia sustentável por meio de biomassa, utilizando a acácia como matéria prima.

“Nós estamos lutando há algum tempo para trazer o linhão de Tucuruí para cá, pois somos o único estado do País que não está integrado ao Sistema Interligado Nacional. É muito importante trazer novas alternativas de energia como essa para Roraima para que o estado venha a ter uma energia confiável”, declarou a giovernadora.

Segundo Carlos Eduardo Miranda, diretor executivo da Omega, a empresa foi convidada pelo grupo FIT para fazer um estudo conceitual de um projeto de geração de energia utilizando a biomassa disponível aqui pelo plantio de florestas de acácia que eles têm disponível em grande quantidade”, esclareceu .

Questionado sobre o motivo de ter aceito o convite para o projeto, Miranda falou sobre a qualidade da energia de Roraima. “O Estado demanda energia e não tem essa energia disponível pra atender, hoje, as suas necessidades. Então é interessante fazer projetos de geração de energia aqui”, argumentou.

A Omega está estudando as alternativas, e se o projeto prosseguir, Miranda afirmou que empregará a experiência da empresa trazendo parceiros e investidores para viabilizar o projeto. Os estudos apontam para a possibilidade de produzir 10 megawatts no município do Cantá.

ENERGIA EÓLICA - No encontro com os empresários a governadora também falou dos investimentos em energia eólica que o Estado fez recentemente.

“Instalamos torres de medições de vento em dois municípios do interior para futuras instalações de energia eólica. É mais uma alternativa para suprimento de energia”, disse.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down