Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O termo proporcionou aos agentes da Femarh maior segurança, pois a partir de agora, estarão acompanhados de policiais civis em ações de fiscalização

A Polícia Civil de Roraima e a Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) assinaram nesta quarta-feira (8), um termo de cooperação técnica que permite ações conjuntas das Pastas em fiscalizações ambientais. Com a iniciativa, os agentes da DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) e os técnicos do órgão ambiental poderão atuar em conjunto na fiscalização de crimes relacionados ao meio ambiente, integrando esforços para otimizar as ações.

Segundo o documento, uma das atribuições da Polícia Civil será a comprovação da materialidade de delitos ambientais durante as fiscalizações instaurar investigações criminais e encaminhar os relatórios circunstanciados à Femarh para a formalização do processo administrativo.

Para Delegada Geral, Giuliana Castro, a integração na fiscalização ambiental vai trazer benefícios para o Estado. “Nós vivemos na região amazônica então é muito importante nós estejamos atentos ao cometimento de qualquer ilícito de natureza ambiental. Nesse sentido nossos agentes darão apoio para os fiscais da Femarh para que essas ações sejam muito mais seguras”, detalhou.

Conforme a presidente da Femarh, Luiza Maura de Oliveira, o apoio policial era um grande pleito dos fiscais. “Para nós da Fundação é um grande privilégio ter a Polícia Civil como parceiro. Nós precisamos ter esse apoio nas ações de fiscalização, principalmente no que tange a segurança dos nossos fiscais que muitas vezes se deparam com situações de crime e não têm como se defender. Agora, nós poderemos levar o melhor do nosso trabalho à sociedade roraimense”, concluiu.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down