jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A partir de hoje, dia 1º de março, a balsa do Passarão, que interliga a região da Vila do Passarão a 27 comunidades indígenas do Baixo Rio Branco e Baixo São Marcos, terá o horário de funcionamento reduzido. Antes, a travessia era feita das 6h às 20h. A partir de agora, a embarcação vai operar somente até às 18 horas.

Entre os meses de janeiro e abril, ocorre uma redução drástica no nível dos rios de Roraima, devido ao período seco, de intenso verão. O rio Uraricoera, onde a balsa faz a travessia, também sofre com as consequências dos efeitos climáticos. Há cerca de dois meses a balsa já vem enfrentando dificuldades para operar, encalhando constantemente.

Apesar de a situação, a travessia continua sendo feita. O responsável pela gerência da balsa do Governo do Estado, Geraldo Gomes, afirmou que durante o dia, devido à claridade, é mais fácil desencalhar a embarcação.

“Vamos operar até às 18 horas, que é quando ainda está claro. É muito perigoso desencalhar a embarcação no período noturno devido à falta de visibilidade. Essa redução no horário é apenas por questão de segurança”, explicou Gomes.

Ele ainda ressaltou a importância da manutenção da balsa na região. “É muito importante que esse serviço continue sendo feito. As comunidades do outro lado não ficam totalmente isoladas, pois existem outras rotas alternativas, pelo município de Normandia, porém elas acrescentam cerca de 100 km ao percurso”, disse o administrador da balsa.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down