Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O XI Encontro Pedagógico do Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima ocorrerá nos dias 18 e 19 de julho, na biblioteca da unidade. O tema deste ano será “educação profissional e tecnológica: desafios e potencialidades das práticas pedagógicas integradoras”.

Realizado duas vezes ao ano, sempre no início de cada semestre, o objetivo é promover espaços para troca de experiências diante dos desafios do fazer pedagógico, visando ao aprimoramento das práticas pedagógicas nos vieses das construções coletivas e integradoras dos profissionais da educação – docentes e técnicos.

Três temas serão abordados durante os dois dias de evento. No primeiro, a mestre em Ciências, Ivone Mary Medeiros de Souza, vai mediar a oficina “Planejamento integrado como elemento potencializador do processo de ensino-aprendizagem”. Na manhã do dia 19, a doutora em Educação, Maristela Bortolon de Matos, conduzirá a oficina “Dialogando a construção dos planos de ensino”, e, à tarde, a psicóloga e especialista em Docência do Ensino Superior, Alizane Ramalho Aniceto, fará a oficina sobre “As relações pedagógicas na perspectiva dialógica: desafios e possibilidades”.

De acordo com a coordenadora pedagógica do CAM, Luana Firmino Lobo, os encontros pedagógicos são espaços para formação de docentes e da equipe técnica de ensino, nos quais são discutidas temáticas relevantes ao contexto escolar. Normalmente, explica ela, os temas são demandas dos próprios docentes, identificadas em reuniões, atendimentos e encontros pedagógicos.

Entre as demandas apresentadas pelos docentes, está o déficit de leitura e escrita dos discentes, que acaba gerando impacto no aprendizado dos componentes curriculares, sejam eles da base nacional comum (disciplinas básicas), sejam do núcleo profissional (disciplinas técnicas).

“Nesse primeiro dia de encontro, vamos discutir sobre planejamento integrado, em que trabalharemos a partir da questão-problema da leitura e escrita dos discentes, pois essa é uma realidade em nível de país, e não apenas do Campus Amajari”, disse Luana, destacando que o objetivo é que sejam construídos projetos integrados com base nessa questão-problema.

O segundo dia terá dois momentos. O primeiro vai abordar os planos de ensino e seus elementos integradores, tema demandado no encontro pedagógico de fevereiro. E, para encerrar a programação, ocorrerá a oficina sobre as relações pedagógicas na perspectiva do diálogo, que visa refletir sobre a importância da relação dialógica na sala de aula e mostrar que sua ausência interfere e tem impacto no processo de ensino-aprendizagem. “A nossa psicóloga vai provocar a discussão sobre as relações interpessoais na sala de aula”, frisou Luana.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down