jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Embora existam aquelas pessoas que preferem uma comida mais insossa, há também aqueles que não perdem a oportunidade de colocar um bom tempero para deixar a refeição mais saborosa. Obviamente o excesso faz mal, no caso do sal, por exemplo, que é diariamente usado nos preparos das refeições, pode causar pressão arterial, sendo que, segundo o Ministério da Saúde, a hipertensão é responsável por 50% dos infartos. Ou seja, na hora de temperar os alimentos, por mais tentador que seja, é preciso ter cautela para não exagerar e se prejudicar depois.

De acordo com especialistas, alguns temperos podem ser acrescentados no preparo para não pesar a mão na hora de salgar o alimento e que podem ser inclusos nas refeições até mesmo para quem segue dietas, alguns podem até ter efeito termogênico ajudando no emagrecimento, como é o caso da pimenta. O segredo é abrir o leque de opções para fazer da refeição não só apenas um momento de saciedade ou prazer, mas também de muita saúde no prato.

Pesquisa mostra quais temperos os brasileiros consideram indispensáveis

2204 Temperos saude e sabor2

Uma pesquisa realizada pela Banca do Ramon, um dos mais tradicionais empórios de São Paulo, mostra que os brasileiros consideram alho (46%), cebola (19,5%) e pimenta (5,4%) como temperos indispensáveis na hora de preparar a refeição. De acordo com a nutricionista e consultora da Banca do Ramon, Nathália Gazarra, o estudo intitulado como “Hábitos alimentares dos Brasileiros – preferências, dietas e tendências de consumo” mostra que os entrevistados estão optando por temperos que possuem princípios ativos, substância que exerce efeito farmacológico, o que é ótimo para a saúde. “Para usufruir desses princípios ativos encontrados nos temperos, é necessário saber como usa-los no preparo das refeições para que não sejam eliminados. Os temperos naturais possuem ações anti-inflamatórias, antioxidantes, calmantes, estimulantes, cicatrizantes e antibióticas. Já os que são industrializados possuem altos níveis de sódio, além dos aromatizantes e corantes”, explica.

Como ter um cardápio mais saudável - Uma vantagem que existe entre os temperos e especiarias é que eles são muitos versáteis e podem ser utilizados em vários tipos de receitas, o melhor de tudo é que eles também combinam com saladas, frutas e até mesmo sucos. “O interessante é explorar bem os temperos que temos a nossa disposição para combina-los da maneira que mais nos agradas nas receitas, mas quem deseja manter todas as propriedades benéficas nas especiarias, pode fazer uma pequena horta em casa, alguns temperos podem ser plantados em vasos individuais”, detalha a nutricionista.

Veja os benefícios dos temperos

Alho - Esse é um dos queridinhos dos brasileiros na hora de cozinhar, e é muito poderoso e saudável, para se ter uma ideia, algumas civilizações como os egípcios, gregos e romanos exaltavam o alho por causa de seu poder medicinal. Ele é antioxidante, anti-inflamatório, previne doenças cardiovasculares, além de combater vírus, bactérias e fungos. “É rico em alicina, substância responsável pelo forte odor, e possui vitamina A, B1, B2, C, e alguns outros minerais como o enxofre e cálcio. Para obter todos os benefícios do alho, o recomendado é consumir três dentes de alho por dia, para isso, é só picá-lo durante o preparo das refeições e temperar a comida”, explica a especialista.

2204 Temperos saude e sabor3

Cebola - A cebola também é indispensável, principalmente na hora de preparar um arroz, feijão ou pôr na salada. É muito nutritiva, rica em fibras e tem vitamina B1, vitamina B2 e vitamina C. De acordo com Gazarra, a cebola também conta com cálcio, fósforo, ferro, magnésio, selênio, sódio e potássio. “Assim como o alho, a cebola ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, ajuda na recuperação de resfriados, e também contribui na prevenção do câncer, trombose, anemia e minimiza o envelhecimento da pele”, comenta.

Pimenta - Para quem gosta de uma comida com sabor mais acentuado, não dispensa uma boa pimenta. É rica em capsaicina, um antioxidante e anti-inflamatório que ajuda a aliar dores e melhora a digestão e quanto mais forte o sabor da pimenta, mais capsaicina ela contém. Além desses benefícios, a especiaria ajuda a acelerar o metabolismo, aumenta a libido, age como anti-inflamatório e atua como antioxidante, prevenindo alterações nas células. Podem ser usadas para diferentes receitas, seja para temperar peixes, carnes, feijoadas, pratos com legumes, frangos, e é usada até mesmo em bebidas. Ou seja, motivos para consumir mais pimenta não faltam.

OUTROS TEMPEROS - Além do alho, cebola e pimenta, que foram os temperos mais citados pelos brasileiros na pesquisa da Banca do Ramon, algumas outras especiarias também são muitos saudáveis e deveriam ser utilizadas mais vezes nos preparos das refeições. Confira:

Salsa - A salsa ou a salsinha possui vários benefícios e por isso deveria ser mais utilizada diariamente. Tem propriedade diurética que ajuda a prevenir retenção liquida e promove uma limpeza, desintoxicando o corpo. Alguns dos principais benefícios que a salsa apresenta, são:

• Ação anti-inflamatória;
• Controle de açúcar no sangue;
• Combate anemia;
• Alivia constipação intestinal;
• Possui ação rejuvenescedora.

Cebolinha - Com um perfume fácil de reconhecer, a cebolinha quando acrescentada a comida dá um gostinho a mais. Essa planta que é utilizada como tempero faz parte da família dos vegetais e ervas. Seus benefícios são inúmeros e por ter vitamina A, acaba sendo, sem sombra de dúvida muito útil a saúde. “É uma planta que serve como tempero para vários pratos. É recomendado acrescentar na refeição apenas no final do preparo para manter as propriedades nutricionais”, recomenda a nutricionista.

Principais benefícios são:
• Fortalecimento do sistema imunológico;
• Retarda o envelhecimento;
• Ajuda no crescimento do cabelo;
• Melhora a saúde ocular;
• Ação antioxidante.

Louro - De origem mediterrânea, o louro é usado para fins culinários e medicinais, isso porque oferece uma série de benefícios ao corpo. Suas folhas são comumente utilizadas para a preparação de chás, e, também, para temperar comidas, como o feijão, por exemplo.

Principais benefícios são:
• Combate gases;
• Alivia cólicas;
• Tem ação anti-inflamatória;
• Ajuda a regular o ciclo menstrual;
• Ajuda na digestão.

Fonte: Banca do Ramon

0
0
0
s2smodern

logo JRH down