Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Cidadãos que procuram atendimento na Defensoria Pública do Estado (DPE) terão as segundas e terças-feiras, das 8h as 8h30, palestras sobre violência doméstica e familiar contra a mulher, autoestima, prevenção ao suicídio, tráfico de pessoas e sobre o Grupo Reflexivo Reconstruir, realizadas pela Procuradoria Especial da Mulher, em parceria com a DPE.

A ação faz parte do projeto ‘Diálogos na Sala de Espera’, desenvolvido pela Defensoria desde 2016 e que atinge a, aproximadamente, 250 pessoas que procuram atendimento jurídico em diversas áreas diariamente. A procuradora adjunta Especial da Mulher, Sara Patrícia Farias, explicou que essa parceria é a preocupação que a Assembleia Legislativa tem em zelar pelos direitos das mulheres e em combater toda e qualquer forma de discriminação.

“Iniciamos nesta segunda-feira [5] onde tivemos palestra sobre violência doméstica e familiar, voltada às pessoas que estavam na sala de espera”, contou Sara Patrícia, ao reforçar que será um tema por semana. Para março, estarão previstas apresentações sobre o tráfico de pessoas, proferidas pelo Núcleo de Promoção, Prevenção e Atendimento às Vítimas de Tráfico de Pessoas, e sobre reabilitação do agressor, ministrada por técnicos do Grupo Reflexivo Reconstruir.

Conforme Sara Patrícia, é papel do Poder Público levar conhecimento para a população sobre as legislações específicas e vigentes no País e no Estado. “É louvável esse projeto da DPE, em parceria com a Procuradoria Especial da Mulher que, como entidades públicas, atendem o que é chamado na Lei Maria da Penha que é levar o conhecimento sobre a defesa dos direitos das mulheres”, contou.

De acordo com a programação da Procuradoria Especial da Mulher, no dia 6 o tema a ser apresentado será ‘Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher’. Para os dias 19 e 20, a abordagem será sobre ‘Autoestima’, com a psicóloga Jane Meire e nos dias 26 e 27, a psicológa Elizabeth Brito falará sobre ‘Prevenção ao Suicídio’. A Defensoria Pública funciona na avenida Sebastião Diniz, nº 1.165, no Centro, próximo ao terminal de ônibus.

0
0
0
s2smodern

Boa Vista

PUBLICIDADE

logo JRH down