Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A ONU, através do escritório do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), propôs uma parceria para atuação em Roraima junto ao Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher). O objetivo é fortalecer e ampliar o trabalho que vem sendo realizado pela Rede Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Durante uma reunião realizada na tarde de terça-feira (17), na sede do Chame, a chefe do escritório Fundo de População em Roraima, Marcela Ulhoa, reconheceu o trabalho do Centro e disse que a iniciativa surgiu para ajudar de forma técnica.

“O Chame já tem uma ação reconhecida e muito bem estabelecida em Roraima. É uma referência em atendimento às mulheres em situação de violência, e a ideia é fortalecer capacidades. Enquanto Agência da ONU, nós estamos para apoiar às ações desenvolvidas, e fortalecer essa rede de proteção à mulher, uma vez que o Estado está recebendo cada vez mais mulheres por meio do processo de imigração”, disse.

Em detalhes Marcela explicou que a parceria irá funcionar por meio da qualificação de pessoal. “Entraremos com capacitações técnicas na formação de profissionais, apoio a divulgação das atividades do Chame, pesquisa, diagnóstico e levantamento de dados”, reafirmou.

A procuradora especial da mulher, deputada Lenir Rodrigues (PPS), acredita que a parceria poderá trazer muitos frutos para o trabalho do Chame, principalmente no que tange aos atendimentos de mulheres imigrantes. “Poderá trazer benefícios para nossa sociedade, principalmente no fortalecimento da Rede e no atendimento as mulheres vítimas de violência. Aliado à nossa experiência, esse escritório pode nos subsidiar e auxiliar para que os nossos programas sejam fortalecidos”, afirmou.

A procuradora explicou ainda que junto com o Fundo de População das Nações Unidas, será possível realizar um trabalho de articulação da Rede de Enfrentamento. “Infelizmente ainda não temos as reuniões semanais, apenas mensais e esta parceria poderá agilizar o processo para que esses encontros sejam mais frequentes. Disponibilizaremos também todos os nossos dados, inclusive do Observatório da Violência para que o escritório tenha material estatístico para subsidiar as atividades”, reafirmou Lenir Rodrigues.

UNFPA - O Fundo de População das Nações unidas, instituição ligada a Organização das Nações Unidas (ONU), está em Roraima desde o final do ano passado. O UNFPA trata de questões populacionais, sendo responsável por contribuir com os países para garantir o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o exercício do direito à maternidade segura.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down