Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Com a chegada do ano eleitoral os cidadãos estão se preparando para escolher os candidatos que melhor lhe representem para ocupar um cargo público durante os próximos quatro anos. Como forma de sensibilizar e educar a população com relação à corrupção neste período, o Centro Universitário Estácio da Amazônia e a Controladoria Geral da União (CGU) estarão realizando a palestra “Todos contra a corrupção”, nesta terça-feira (15), a partir das 19h.

A palestra será realizada no auditório da Estácio, no bairro União, é aberta ao público e será ministrada por 4 palestrantes convidados pela CGU: o promotor titular da Promotoria do Crime Organizado, Marco Azeredo; a coordenadora do Núcleo de Operações Especiais da CGU, Alessandra Pinagé; o coordenador do Núcleo de Ação, Prevenção e Ouvidoria da CGU, Celso Junior; e o superintendente da Controladoria Regional da União no estado de Roraima, Emilson Neto.

A proponente do evento e coordenadora do Núcleo de Ação e Prevenção à Corrupção do CGU, Vanete Ventura, explicou que a escolha do tema e dos palestrantes são em razão do contexto atual pela qual o país está passando, assim como o ano eleitoral. “Eles vão falar do assunto dentro da Controladoria como órgão de controle da corrupção. A palestra na Estácio é importante para debater essas temáticas, aclarar, levar um pouco mais de criticidade e sair do senso comum”, esclareceu.

O evento é organizado pela coordenação de Extensão da Estácio. A coordenadora, Marcela Liege, conta que uma das ideias é atingir as pessoas com a mensagem de que quando elas votam em troca de alguma coisa ou por interesse próprio também é corrupção. A coordenadora esclarece que as pessoas precisam escolher um candidato que irá fazer bem para a comunidade ou país.

“Eu acredito que política ainda seja um tabu a ser quebrado, porque ninguém gosta de discutir sobre o assunto e, na verdade, não gostam porque no fundo alguns sabem que de uma forma ou de outra praticam essa corrupção. Temos que parar com isso, o voto é uma atitude que tem que ser pensada, é uma ação que pode mudar a história de um país, sendo assim temos que levar essa mensagem aos nossos alunos, que podemos sim mudar a realidade e lutar por um governo melhor”, ponderou.

Segundo Marcela Liege, espera-se que ao final da palestra as pessoas presentes saiam com maior poder de decisão e julgamento quanto aos candidatos, corrupção e a eleição. Conforme ela, a Estácio enquanto instituição de ensino tem apoiado esse tipo de iniciativa com o intuito de promover o acesso dos acadêmicos e sociedade à educação cidadã.

“Temos que parar a corrupção deixando de ser corruptos. Só assim poderemos exigir dos nossos governantes. A expectativa é que tenhamos auditório cheio para a palestra, uma vez que será aberta a todos acadêmicos e a comunidade. É importante ensinar a todos que não devemos votar em corruptos e cumprir nosso papel como cidadão”, completou a coordenadora.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down