Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

“Nossa intenção é criar novas estratégias de integração, incluindo a parceria com entidades e grupos religiosos.” Haroldo Cathedral (Foto:Ascom)

O deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) participou de uma audiência com a ministra Damares Alves, titular da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, para tratar sobre o processo de interiorização dos imigrantes venezuelanos. O deputado sugeriu a ampliação da rede de acolhimento, com a parceria de entidades e grupos religiosos. A reunião aconteceu no Ministério dos Direitos Humanos, quinta-feira (9) pela mahã.

Na oportunidade, o deputado Haroldo Cathedral pediu apoio para a intensificação do processo de interiorização, em virtude do aumento da entrada de imigrantes no Estado de Roraima.

“Nossa intenção é criar novas estratégias de integração, incluindo a parceria com entidades e grupos religiosos que possam atuar na acolhida em outros estados da federação. Estas instituições têm um papel importante para a garantia dos direitos humanos. Precisamos aumentar esta rede de acolhimento para reduzir o impacto sobre o estado de Roraima. Com esta parceria, vamos permitir que os imigrantes tenham novas oportunidades de integração e ingresso no mercado de trabalho”, salientou.

Haroldo Cathedral citou o sucesso do trabalho humanitário realizado pelo empresário Carlos Wizard Martins de realocação dos imigrantes venezuelanos. De acordo com o parlamentar, o empresário reuniu líderes empresariais e religiosos em torno da causa.

“O empresário Carlos Wizard iniciou um programa coordenado de interiorização e de acolhimento, através de uma ação conjunta com a sociedade civil. Acreditamos que este trabalho integrado, com apoios estratégicos, é possível mudar a realidade e ampliar significativamente o processo de interiorização. Temos que encontrar saídas que preservem a qualidade de vida da população de Roraima e também que garantam o acolhimento dessas pessoas em situação de miséria extrema”, afirmou.

Em pouco mais de um ano, a estratégia de interiorização do Governo Federal transferiu 4.564 pessoas de Roraima para 17 estados brasileiros. No entanto, Haroldo Cathedral disse que ainda é preciso intensificar este processo para minimizar os efeitos sociais em Roraima.

Ficou agendada, para a próxima quarta-feira, uma segunda audiência no Ministério Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e que contará com a presença do empresário Carlos Wizard Martins.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down