jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O TJRR - Tribunal de Justiça de Roraima, através de sua CIJ – Coordenadoria da Infância e da Juventude, apresentou ontem terça-feira (4), uma pesquisa de Análise de Processos Judiciais na área de Violência Sexual contra crianças e adolescentes na Comarca de Boa Vista, um caminho a ser seguido na ajuda de identificação, prevenção e punição dos casos da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes.

O estudo, realizado por meio da UFRR - Universidade Federal de Roraima, apresenta análise de 105 processos judiciais, em um universo de 1.600, junto à Vara de Crimes Contra Vulneráveis, no período de 2010 a 2016. Dentre os dados apresentados, foi apontado que a maioria dos abusadores de crianças e adolescentes é do sexo masculino, com idade que varia de 30 a 45 anos.

O coordenador da pesquisa, professor doutor da UFRR, Flávio Corsini Lirio, explicou que o principal compromisso dessas informações foi buscar identificar os motivos que levam à prática de violência e, com isso, traçar um perfil detalhado das pessoas que cometem os abusos.

“Tentar entender a dinâmica desse processo, as questões que envolvem esse tipo de violência. O abuso sexual que atinge crianças e adolescentes é um câncer, e para evitar que ele ocorra precisamos criar e conhecer os mecanismos de prevenção”, observou.

O coordenador da CIJ, juiz Parima Veras, informou que a pesquisa servirá de suporte para o planejamento das ações, por meio de uma base de dados local. “São informações concretas, de acordo com a nossa realidade. Isso colabora com a elaboração de projetos para a Rede de Proteção de Crianças e Adolescentes. Mais informação significa trabalho mais eficaz”, destacou.

A coordenação da CIJ informou que a pesquisa completa será disponibilizada até o final desta semana no portal de informações da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Roraima no seguinte endereço: http://www.tjrr.jus.br/cij/.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down