jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O MPRR - Ministério Público do Estado de Roraima, por meio da Promotoria de Justiça de São Luiz, notificou a Roraima Energia para que a empresa apresente explicações sobre as constantes falhas no serviço de fornecimento de energia, no sul de Roraima.

A decisão de notificar a concessionária partiu logo depois da audiência pública, realizada no último dia 30 de maio, para discutir sobre os efeitos negativos das constantes falhas no serviço prestado pela empresa.

A audiência pública foi realizada no Plenário da Câmara Municipal de São Luiz, a 298 km de Boa Vista. Estiveram presentes vereadores de São Luiz, São João da Baliza e Rorainópolis, os três municípios do sul de Roraima afetados pelos constantes cortes de energia na região, além de representantes da sociedade, órgãos de controle e da Roraima Energia.

Produtores e comerciantes denunciaram as dificuldades que vêm enfrentando com as frequentes interrupções no fornecimento de energia e o alto valor nas tarifas de luz cobrado pela empresa concessionária do serviço.

O Promotor de Justiça Felipe Hellu Macedo expôs para o público presente que já há uma liminar da justiça obrigando a empresa concessionária a melhorar o fornecimento de energia elétrica no sul do estado. Um TAC - Termo de Ajustamento de Conduta foi firmado com a CER - Companhia Energética de Roraima, em fevereiro de 2008, mas não vem sendo cumprido.

“A audiência foi um momento distinto em que a população teve a oportunidade de expor seus problemas para que os representantes da empresa pudessem ouvir e responder a essas queixas. Agora tenho mais subsídios para cobrar da Roraima Energia as providências necessárias; o não cumprimento do TAC firmado com o MP será uma das cobranças que farei em reunião com a concessionária”, adiantou o Promotor.

A reunião com o representante da Roraima Energia deve acontecer ainda nesta quinta-feira, 6 de junho, na Promotoria de Justiça de São Luiz.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down